Nacionais

Mais de 31 milhões de eleitores elegerão prefeitos de 50 cidades

Eleitores de grandes colégios do País voltarão às urnas no próximo dia 28      (Crédito:Marcelo Camargo/ABr)

BRASÍLIA – No dia 28 de outubro, data do segundo turno das eleições municipais, 31,7 milhões de eleitores, residentes em 50 cidades com mais de 200 mil votantes, retornarão às urnas. Estas pessoas residem em 17 capitais e 33 municípios.
O Democratas perdeu espaço nessas eleições. Não fosse a disputa em Salvador (BA), terceiro colégio eleitoral entre as capitais, com 1.881.554 votantes, o DEM teria se igualado a pequenas legendas. Além de Salvador, disputará o segundo turno em Vila Velha (ES) e Londrina (PR). O DEM elegeu, em primeiro turno, o prefeito de Aracaju (SE), João Alves Filho.
PT, PMDB e PSDB demonstraram a força de seus partidos tanto nas capitais quanto nos maiores municípios. O PT vai para o segundo turno em cinco capitais, entre elas Salvador (BA) e 17 outras cidades do interior. O partido disputará em confronto direto com o PSDB o comando de São Paulo, capital com o maior número de eleitores (8.619.170 votantes).

RESULTADOS
O PSDB, principal partido de oposição, além de ter a oportunidade de eleger o prefeito de São Paulo, disputará em segundo turno o comando de outras 15 prefeituras – seis capitais e nove municípios do interior com mais de 200 mil eleitores.
O PMDB, um dos maiores do país desde sua criação, reelegeu em primeiro turno o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, segundo maior colégio eleitoral com 4.719.607 votantes. Os peemedebistas disputarão o segundo turno em Campo Grande (MS), Natal (RN) e Florianópolis (SC), além de outras 13 grandes cidades do interior.
O PSB, reelegeu Márcio Lacerda para mais quatro anos de administração de Belo Horizonte (MG), quarta capital com maior número de eleitores, com 1.860.172 votantes. Os socialistas disputarão o segundo turno em Fortaleza (CE), Cuiabá (MT) e Porto Velho (RO) e em outros três municípios de Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo. O PSD, que participou de seu primeiro teste eleitoral depois da sua criação, vai para o segundo turno em Florianópolis (SC) e outras quatro cidades do interior nas regiões Sul e Sudeste.

Você também pode gostar