Cultura

Iluminador Cênico é homenageado pelo Sinparc

IPATINGA – O iluminador Cênico, Morrison Deolli recebeu a Comenda de Mérito Artístico do Sindicato dos Artistas e Técnicos em Espetáculos de Diversões –Sated/2018, em Belo Horizonte, pelos trabalhos realizados como iluminador e fomentador com o projeto Seminaluz.

O Mérito Artístico Sated é um evento realizado em homenagem aos artistas mineiros que se destacam com ações artísticas e de fomento nas áreas de teatro, dança, circo e cinema. É realizado pelo Sindicato dos artistas e técnicos em espetáculos de Minas Gerais com o apoio da Câmara de Vereadores de BH. Na oportunidade foram homenageados artistas e técnicos em espetáculo da capital mineira e do interior.

CARREIRA

Morrison Deolli é um iluminador cênico mineiro que iniciou sua carreira em 2001 com os grupos Hibridus e Farroupilha. Em 2002 foi para BH onde participou de um intercâmbio no Galpão Cine Horto e no Grupo Galpão em BH além de desenvolver trabalhos para grupos locais. Em 2005 iniciou o Seminaluz, um projeto de formação e capacitação em iluminação cênica, que mais tarde incluiu a área de áudio profissional e viabilizou bolsas de estudo em iluminação, intercâmbios, seminários nacionais e publicação de livros sobre iluminação.

O projeto Seminaluz percorreu o interior de Minas em cidades como Governador Valadares e Uberlândia,fora do estado em São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador e Florianópolis.

Como agente cultural integraComissão Técnica de Análise de Projetos – CTAP da Lei Estadual de Incentivo à Cultura – LEIC de MG no período 2017/2018; a comissão de avaliação de projetos do Fundo Municipal de Cultura de Ipatinga em 2003 e 2015; o Conselho de Cursos da ABrIC (Assoc. Brasileira de Iluminação Cênica) 2005 a 2007.

Em julho de 2017 recebeu o Prêmio Gente do Céu- Homenagem a Ricardo Maia, como Destaque ILUMINADOR, nos últimos 20 anos no Vale do Aço-MG.

Como iluminador Morrison Deolli, desenvolve vários projetos para grupos de teatro, dança e shows musicais, além do projeto da Cantata de Natal da Fundação Aperam em Timóteo.

Como pesquisador está sempre buscando formas de criação em união com a arte, tecnologia e a viabilidade de execução.

Morrison foi o pioneiro no interior de Minas a desenvolver um projeto de formação voltado para a área de iluminação cênica e áudio profissional.

Você também pode gostar