Cidades

PMI alerta sobre reforço da vacina contra o HPV

(Crédito: Secom PMI)

IPATINGA – A procura pela dose de reforço da vacinação contra o papiloma vírus humano (HPV) ainda é pequena nas Unidades Básicas de Saúde de Ipatinga. Até o momento, 3.112 meninas já receberam a segunda dose da vacina. O número, porém, representa pouco mais de 60% do total alcançado na primeira etapa da campanha, quando 5.142 adolescentes foram vacinadas. Portanto, mais de 1,9 mil meninas ainda não tomaram a segunda dose contra o HPV.

Técnicos da Secretaria Municipal de Saúde lembram que a segunda dose é fundamental para garantir a proteção contra o HPV, responsável pela maior parte dos casos de câncer do colo de útero e terceira causa de morte entre mulheres, por câncer, no Brasil. Dados do Ministério da Saúde indicam que 14 mulheres morrem por dia, vítimas da doença. A vacina é oferecida gratuitamente pelo Sistema Único de Saúde (SUS) para adolescentes do sexo feminino com idade entre de 11 e 13 anos.

REFORÇO
A gerente da Seção de Vigilância Epidemiológica, Natália Littig, reforça a importância de seguir o esquema vacinal para assegurar o efeito da medicação. “A primeira dose sozinha não previne contra o vírus do HPV. Daí a importância de todas as meninas nessa faixa etária tomarem as doses no período correto”, ressalta. A segunda dose é aplicada seis meses após a primeira, e a terceira, cinco anos depois.

As Unidades de Saúde de Ipatinga oferecem a vacina quadrivalente, que protege contra quatro subtipos do vírus (6, 11, 16 e 18), com 98% de eficácia.

Em Ipatinga, são 16 postos de vacinação nas Unidades Básicas de Saúde. A partir de hoje, quinta-feira, as doses também estarão disponíveis no ambulatório do Shopping do Vale. O horário de atendimento no centro de compras será feito de segunda a sábado, de 13:00h às 21:00h, e no domingo, de 12:00h às 18:00h. A vacina também está assegurada para adolescentes que vão completar 11 anos até o final de 2014 e iniciarão o esquema vacinal.

Você também pode gostar