Esportes

Grêmio vence Ipatinga por 3 a 0 no Olímpico

No jogo de volta, no estádio Olímpico, o Grêmio foi novamente vitorioso e tirou o Ipatinga da disputa  (crédito: Ipatinga)

 

PORTO ALEGRE – Na noite desta quarta-feira, o Grêmio fez prevalecer sua superioridade e sua vantagem obtida no jogo de ida para garantir a vaga nas oitavas de final da Copa do Brasil. Com gols de Bertoglio, Miralles e Léo Gago, o Tricolor goleou o Ipatinga pelo placar de 3 a 0 assegurando passagem à próxima etapa da competição. Com o resultado, o Ipatinga, que precisava vencer por até dois gols de diferença, está eliminado da Copa do Brasil.

PRIMEIRO TEMPO

A vitória gremista começou cedo. Logo aos 2 minutos, Marco Antônio deu um passe perfeito para Bertoglio, entrando livre pela direita. O argentino invadiu a área, driblou o goleiro e empurrou de pé direito para o fundo das redes.
O gol logo cedo deu tranquilidade ao Tricolor para segurar o jogo e trabalhar a posse de bola. O Ipatinga, atordoado, tendo que buscar o resultado desde o início, pouco mostrou para conseguir tamanha façanha.
Porém, os mineiros chegaram forte aos 21 minutos: no toque de bola, Fabinho acabou livre dentro da área, na marca do pênalti, e chutou forte. Fernando salvou no meio do caminho aquele que poderia ser o empate.

SEGUNDO TEMPO

A etapa final começou com o Ipatinga claramente em busca do empate.
Aos 8 minutos, Wellington Bruno levou perigo em cobrança de falta da intermediária. Victor fez boa defesa. Aos 13, Leandro Brasília acertou de primeira uma sobra dentro da área. Outra defesa de Victor.
No minuto 15, Vanderlei Luxemburgo colocou Miralles no lugar de Bertoglio, que pediu pra sair.
Aos 26, Felipe Nunes entrou no Grêmio no lugar de Marco Antônio. A segunda modificação.
O jogo estava morno, sem graça, até que Miralles recebeu na intermediária, lado esquerdo de ataque. O argentino dominou e chutou forte, por cobertura, no ângulo esquerdo. Grêmio 2 a 0.
Não demoraria muito tempo para o Tricolor chegar ao terceiro gol: Felipe Nunes deu para Léo Gago, na intermediária. Sem medo de ser feliz, ele soltou a bomba, do mesmo jeito como havia feito no primeiro jogo, lá em Ipatinga. Quando Bruno caiu, a bola já tinha passado, no canto esquerdo. Outro gol. Grêmio 3 a 0.

Você também pode gostar