Cidades

Denuncia de abuso sexual infantil aumenta 44% em Ipatinga, diz PM

IPATINGA – Os casos de abuso sexual infantil em Ipatinga aumentaram 44% de janeiro a dezembro do ano passado, se comparados a igual período de 2013. Os dados foram apresentados pela Polícia Militar, ontem, durante audiência pública na Câmara Municipal de Ipatinga para marcar o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. “Esta é uma semana em que todo país realiza atividades para lembrar a importância de se combater esse crime. Mas é bom lembrar que não devemos combater a pedofilia somente uma vez por ano, pois sabemos que diariamente nossas crianças e adolescentes enfrentam esse tipo de violência”, disse o vereador Ademir Cláudio Dias (DEM), autor do requerimento da audiência pública, enfatizando que a audiência tem como objetivo “mobilizar, sensibilizar, informar e convocar toda a sociedade a participar da luta em defesa dos direitos sexuais de crianças e adolescentes”. Ainda conforme o vereador, durante a audiência também serão debatidas medidas de prevenção a esse tipo de crime.

NÚMEROS
Dados levantados pela 12ª Regional de Polícia Militar em janeiro deste ano apontam que o número de crimes sexuais registrados contra crianças e adolescentes em Ipatinga aumentou em 2014. Conforme a PM, de janeiro a dezembro de 2014 os registros cresceram 44%, se comparado ao mesmo período de 2013.
Segundo a presidente da Regional I do Conselho Tutelar do Município, Marli Augusta da Silva Andrade, isso não significa que o número de casos tenha crescido, mas que as vítimas, com mais informação, estão tendo mais coragem para denunciar.
De acordo com ela, em 2014, aproximadamente 3% dos atendimentos mensais feitos na Regional 1, passaram a ser relativos a denúncias de suspeita de pedofilia. “O que a gente vê é que os pais estão ficando mais atentos ao comportamento dos filhos. Isso graças ao trabalho de conscientização que vem sendo realizado junto à comunidade ipatinguense. Hoje, as queixas de pedofilia figuram em 6º lugar na nossa lista de denúncias e encaminhamentos”, conta.

IPATINGA
Com objetivo de defender os direitos da criança e do adolescente, também foi instituída em Ipatinga a Semana Municipal de Combate à Pedofilia, através da Lei Municipal nº 3.233, de 04 de outubro de 2013. A lei, de autoria do vereador Ademir Cláudio (DEM), prevê uma série de atividades visando o combate ao abuso e à exploração sexual no município.

Você também pode gostar