Nacionais

Policlínica de Ipatinga recebe reforma completa

IPATINGA – A Prefeitura Municipal entregou a reforma completa da Policlínica Municipal, no bairro Cidade Nobre. As intervenções realizadas incluem reparos e adequações na infraestrutura física do prédio, melhorias nas redes elétrica e hidráulica, construção de novos refeitório e vestiários para os funcionários, adequações em consultórios, salas de exames, central de esterilização e demais setores da unidade. As obras custaram cerca de R$ 2,6 milhões e os investimentos foram obtidos em convênio mantido pelo município com o governo estadual.
“Todo o projeto de reforma da Policlínica foi planejado e executado para garantir melhores condições de trabalho aos servidores, mais qualidade e segurança no atendimento à população. A unidade não recebia reparos básicos e estruturais há quase uma década. Essa é uma obra reivindicada pela comunidade, e agora temos a satisfação de anunciar a sua conclusão”, afirmou a prefeita Cecília Ferramenta, que visitou as novas dependências da unidade na tarde desta sexta-feira (30/12).

REFERÊNCIA REGIONAL

A unidade é referência em atenção ambulatorial especializada na rede de saúde de Ipatinga. São ofertadas 23 especialidades médicas, exames diversos (como ultrassonografia e raio X) e pequenas cirurgias, além de tratamento em reabilitação e dispensação de medicamentos especiais. Atualmente, 200 profissionais atuam na Policlínica e realizam cerca de mil atendimentos diários, incluindo consultas médicas.
A Policlínica atende Ipatinga e mais 33 cidades da região, beneficiando uma população estimada em cerca de 800 mil pessoas. A reforma realizada pela Prefeitura observou todas as normas técnicas atuais e de acessibilidade, com a construção de banheiros para cadeirantes, que não existiam no local, e salas preparadas para atendimentos especializados. As alas de circulação e o salão de espera também foram revitalizados. A unidade também ganhou nova fachada e recepção, com guichês de atendimentos individuais.

FISIOTERAPIA
Uma das principais intervenções feitas aconteceu na ala de fisioterapia, que teve o salão de exercícios ampliado. Também o consultório de ostomia foi readequado e passa a contar com banheiro mais amplo e adaptado para atender aos pacientes que usam bolsas de urina e digestivas. Já a farmácia, um dos serviços mais buscados na Policlínica, funciona em local mais amplo, com recepção independente e climatizada.

ECONOMIA
O prédio da Policlínica também ganhou um moderno sistema de climatização. A cobertura foi substituída por “telhas sanduíche”, um tipo especial que possibilita maior controle térmico com redução de até cinco graus na temperatura ambiente. Todos os consultório e salas de exames ganharam novos aparelhos de ar condicionado. Além disso, a unidade conta com uma nova subestação de energia, que possibilita a redução de ruídos e gastos com energia elétrica.
“Assumimos o compromisso de melhorar a saúde e encerramos nosso mandato dando respostas efetivas. A Policlínica é um dos equipamentos da saúde que estavam sucateados e foi recuperada, a exemplo do que foi feito com as unidades básicas de saúde, o Hospital Municipal e outros serviços. Essa é uma reforma completa e mais do que necessária, para beneficiar toda população”, ressaltou a prefeita Cecília Ferramenta.

MELHORIAS NO CEO
O espaço físico do Centro de Especialidades Odontológicas (CEO), que funciona anexo à Policlínica Municipal, também recebeu melhorias por parte da Prefeitura. Foram feitos reparos no teto e adequações nas salas. A unidade de atendimento odontológico ganhou nova pintura, moderno sistema de climatização e novo consultório adaptado para atender pacientes com necessidades especiais.

Você também pode gostar