Cidades

Governador lança projeto de Hospital Regional em GV

Anastasia recebe do empresário Hercílio Diniz Filho o termo de doação do terreno para a construção do Hospital Regional de Governador Valadares

VALADARES – O governador Antonio Anastasia lançou, nesta sexta-feira (24), em Governador Valadares, o projeto de construção de um Hospital Regional que vai contar com investimentos de cerca de R$ 80 milhões e terá capacidade para atender à população de 85 municípios da região, estimada em 1,5 milhão habitantes. O anúncio do empreendimento resgata compromisso do Anastasia em seu plano de governo que prevê a construção e o fortalecimento de hospitais regionais para casos de alta complexidade em municípios polo do Estado.
Dos R$ 80 milhões investidos no hospital, R$ 50 milhões serão destinados para obras e R$ 30 milhões para compra de equipamentos. O início da construção está previsto para junho deste ano. O hospital disponibilizará 179 leitos, sendo 134 de internação, 20 de CTI adulto, 10 de CTI neonatal e 15 de cuidados intermediários.
O Hospital Regional vai desafogar a demanda no Hospital Municipal de Governador Valadares, que atende toda a região. A partir da inauguração do novo empreendimento, poderá se especializar em algumas áreas. O Regional fará com que casos de maior complexidade não precisem ser encaminhados para Belo Horizonte e Ipatinga.
O novo hospital será erguido em um local estratégico, uma área de 15 mil metros quadrados, no trevo da BR-116 (Rio-Bahia), Km 407, trevo de Guanhães. O terreno, que ao todo soma 50 mil metros quadrados, foi doado ao Estado durante a cerimônia.
Para a prefeita de Governador Valadares, Elisa Costa, a ação do Estado com a construção do novo hospital é estratégica e vai ajudar a melhorar o atendimento a população de toda a região, pois, como lembrou, a obra está inserida no programa de governo cuja finalidade é criar uma rede de hospitais regionais.  “Governador Valadares se sente honrada por ter mais uma obra da importância social que é o futuro Hospital Regional, afirmou, dizendo que “vamos fazer de tudo para que esse hospital aconteça efetivamente”.

Você também pode gostar