Cultura

Globo de Ouro divide prêmios entre “The Artist” e “Os Descendentes”

SÃO PAULO – “The Artist”, filme preto e branco e praticamente mudo, e “Os Descendentes”, sobre uma família no Havaí, foram os principais vencedores da noite no Globo de Ouro, recebendo os prêmios de melhor comédia e drama, respectivamente.
“The Artist”, longa francês que ainda não tem data de estreia no Brasil, ficou também com prêmio de trilha sonora e melhor ator de comédia para Jean Dujardin. Já “Os Descendentes”, que estreia em 27 de janeiro, recebeu também troféu para George Clooney por melhor ator de drama.
Ele concorria por melhor direção por “Tudo pelo Poder”, mas perdeu para Martin Scorsese e seu “A Invenção de Hugo Cabret”, sua primeira incursão no 3D. Clooney também perdeu em melhor roteiro original, que foi para Woody Allen por “Meia Noite em Paris”. Allen não apareceu para receber o Globo.
Outro veterano da indústria a subir ao palco foi Steven Spielberg, por melhor animação em “As Aventuras de Tintim”.
O apresentador da noite foi Ricky Gervais. Meryl Streep recebeu seu oitavo Globo de Ouro da carreira pelo retrato da ex-premiê britânica Margaret Thatcher, em “A Dama de Ferro”. Já Michelle Williams foi considerada a melhor atriz por comédia ou musical com “Sete Dias com Marilyn”. Ambos os longas estreiam no Brasil em 10 de fevereiro.
Entre as séries, “Homeland” ganhou como melhor série dramática e também melhor atriz para Claire Danes, que interpreta uma agente da CIA que desconfia de um soldado americano que volta aos EUA depois de passar oito anos supostamente sequestrado no Iraque.
“Modern Family” recebeu seu primeiro Globo de Ouro de melhor série de comédia. A atriz Sofia Vergara subia ao palco com o resto do elenco e equipe para fazer um discurso em espanhol, traduzido comicamente para o inglês pelo criador da série Steven Levitan. (Da Folha de S. Paulo)

Você também pode gostar