Cultura

Festival Bon Odori em Ipatinga celebra tradição ancestral japonesa

IPATINGA – Parte do calendário anual da cidade de Ipatinga desde a chegada dos japoneses para a construção da Usiminas, há 60 anos, o festival de Bon Odori reuniu centenas de pessoas no último sábado (30), no bairro Cariru. Comidas, música e a tradicional dança típica do Japão embalaram a festa aberta ao público e promovida pela Associação Nipo Brasileira de Ipatinga (ANBI).
Expatriados da Nippon Steel & Sumitomo Metal Corporation (NSSMC) participaram voluntariamente da montagem, estilização e desmontagem das estruturas e ainda da limpeza do local da celebração. Já a produção da comida japonesa, favorita de muitos mineiros, ficou a cargo das esposas dos expatriados.

TRADIÇÃO
O festival Bon Odori acredita que os espíritos de seus ancestrais voltam para suas casas para se reunir com sua família durante o Obon. Por isso, a celebração é feita sempre depois do por do sol, já que prevalece a crença de que os espíritos somente saem durante a noite. O termo Odori se refere à parte festiva que inclui a tradicional dança – embalada ao som dos tambores taiko.
A ipatinguense Carolina Cunha, do departamento administrativo da empresa, participou de todo o processo de montagem e da festa. “Foi uma oportunidade ainda mais especial participar da organização do evento. O senso de comunidade e vivência em família que eles têm é incrível. Receberam a mim, uma mineira que poucos ali conheciam, como se já fosse de casa. Envolveram-me na participação de tudo e até me convidaram para experimentar as vestes tradicionais japonesas. Foi uma alegria enorme. Tudo foi preparado à mão por eles, a organização, decoração, alimentos, a limpeza final, cada detalhe pensado com carinho para receber os visitantes. E eles fazem tudo com uma união tão grande, que o local parece um grande quintal da casa dessa família, a família japonesa/mineira”.

Você também pode gostar