Cidades

Alfabetizar em Tempo amplia universalização em Educação

Lana Kátia, gerente da Seção de Ensino Formal: “Ler e escrever é compromisso em todas as áreas”    (Crédito: José Barbosa: ACS/PMI)

 

IPATINGA – O município tem trabalhado para universalizar o atendimento na rede municipal de educação, que contempla alunos das escolas municipais e entidades conveniadas. Levantamento da Prefeitura de Ipatinga aponta que a cidade conta com 78 instituições de ensino que são mantidas pela administração, mobilizando 682 funcionários da rede conveniada e 3.094 servidores ligados à Secretaria de Educação. Dos 23.680 alunos atendidos com idade até 14 anos, mais de 5 mil são de educação infantil.
De acordo com o secretário de Educação, Maurício Mayrink, a PMI priorizou a parceria junto a todos os envolvidos e responsáveis pela educação. “E junto a estes segmentos, temos delineado caminhos para a construção do ensino de qualidade. Isso com certeza já produziu bons frutos, como a melhora nos rendimento escolar dos alunos, inclusive nos índices de alfabetização no primeiro ciclo”, explica.
“Mas essa melhora ainda não é suficiente. Outras ações se fazem necessárias. A parceria com todas as unidades de ensino é uma constante e exige empenho da assessoria realizada pelo Centro de Formação Pedagógica (CENFOP), que procura conhecer a realidade de cada unidade de ensino em suas demandas administrativas e pedagógicas”, pontua Maurício.

ALFABETIZAR

Para estes avanços, o Programa Alfabetizar em Tempo voltado para todo o 1° ciclo foi preponderante, tendo em vista que o projeto possibilitou o aumentou de 25% para 80% o número de alunos que iam alfabetizados para o 2º ano do 1º ciclo. “Realizamos sistematicamente planejamentos coletivos com todos os professores e coordenadores pedagógicos, desde a educação infantil até o 9º ano, focando o ler e escrever como compromisso de todas as áreas. Prioridades foram definidas por toda rede, inclusive as metas e ações a serem alcançadas em 2012”, informa Lana Kátia, gerente da Seção de Ensino Formal.
A equipe de assessores tem trabalhado para universalizar o atendimento, visto que desde o ano de 2009 muitos avanços foram alcançados. Para manter os trabalhos, essa equipe realiza quinzenalmente acompanhamento sistemático, formação permanente e oferecendo ainda plantão mensal. “Melhoramos nossa equipe e estreitamos nossas relações com as equipes diretivas, professores e funcionários. Conhecer melhor a realidade de cada escola nos possibilitou diferentes intervenções pedagógicas e boas parcerias”, conta Lana.

Você também pode gostar