Cidades

Aciapi e CDL orientam consumidores sobre troca e devolução de produtos

IPATINGA – Em função do alto volume de vendas da Black Friday e começo das compras das festas de fim de ano, aumenta também a troca e devolução de produtos. Estes serviços são de direito do consumidor, contudo existem algumas regras a serem seguidas. A Aciapi e CDL de Ipatinga dão dicas de como resolver este problema.
De acordo com a legislação, a troca só é obrigatória se o produto tiver algum defeito de fábrica. Mesmo assim, o fabricante tem 30 dias para fazer o conserto do produto, sendo dever do lojista apenas encaminhar o produto para a fábrica. Só depois que esse prazo chega ao fim é que o consumidor pode exigir uma de três opções: a troca imediata, a devolução do dinheiro ou o abatimento proporcional do valor pago (se o defeito não impedir o produto de ser usado e o cliente desejar ficar com ele, ganha um desconto no preço).

DIÁLOGO
Para o presidente da Associação Comercial, Industrial, Agropecuária e de Prestação de Serviços de Ipatinga, Cláudio Zambaldi, o principal é estabelecer um diálogo sincero entre lojista e cliente. “As duas partes devem conhecer bem os direitos do consumidor para saber agir nestas ocasiões. Mas, além disso, é necessária a conversa tranquila entre as pessoas dos dois lados do balcão. O comerciante deve firmar uma política de troca e devolução objetiva, para não pegar o consumidor desprevenido”, salienta Cláudio.
O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Ipatinga, José Carlos de Alvarenga ainda destaca aos comerciantes que estas situações devem ser revertidas de um momento desagradável para novas oportunidades. “Para muitos lojistas a troca ou devolução é vista como prejuízos. Contudo, pode ser a chance de prestar um serviço de excelência e garantir até mesmo a fidelização do cliente”, afirma José Carlos.

VERIFICAÇÃO
A Aciapi e CDL de Ipatinga ainda recomendam aos consumidores que, ao comprar qualquer produto verifique o prazo de garantia e as condições para troca ou devolução.
Para os lojistas, as entidades indicam, neste período de maior movimentação e vendas, a dedicação de um setor ou funcionário apenas para esta função, com objetivo de estabelecer um relacionamento saudável com o consumidor e facilitar a troca de informações.

Você também pode gostar