àrea de notificações àrea de notificações àrea de notificações àrea de notificações

Nenhum outro registro encontrado!
Email enviado com sucesso!
Falha ao enviar o email!
01/12/2017 04h50

Obra de Quintão na Maanaim não resiste às primeiras chuvas e cai

Depois de quase nove meses fechada aos usuários, para realização das obras de acabamento, os gabiões de contenção da “Nova Maanaim”, feitos pela atual administração, não resistiram às primeiras chuvas e desmoronaram.

Fernando Benedito Jr.

Depois de quase nove meses fechada aos usuários, num rompante autoritário do governo Quintão, para realização das obras de acabamento, os gabiões de contenção da “Nova Maanaim”, feitos pela atual administração, não resistiram às primeiras chuvas e desmoronaram. Além do desperdício de recursos públicos, o fato revela a incompetência do governo que, após nove meses para realizar obras que não demorariam dois, ainda consegue fazer um serviço de má qualidade que se autodestrói com a primeira intempérie e pode se agravar com a continuidade das chuvas. A observação é necessária porque ao fechar a avenida, um dos argumentos, entre outras falácias, era a necessidade de garantir a segurança dos usuários.
A queda do gabião às margens do ribeirão Ipanema começou a fazer ruir a contenção, o que pode comprometer até o asfaltamento se não for corrigido rapidamente (pouco provável, porque nada no governo é rápido). Vale lembrar que as obras não foram concluídas em conformidade com o projeto que foi elaborado, pois como se pode ver “in loco” o trecho do ribeirão onde a obra ruiu tem um estrangulamento que certamente provocou o problema. O projeto original prevê intervenções para alargar este trecho evitando a elevação do nível da água. Isto sequer foi tocado durante os nove meses de fechamento da Maanaim.
Neste primeiro ano de governo, o balanço de Quintão vai ser deficitário, mas nada que algumas maquiagens não resolvam, como os factoides do trem suspenso da Bielorrusia, o cercamento do Parque Ipanema e outras maravilhas do pensamento urbanístico que deixariam Burle Marx boquiaberto.
O desmoronamento do gabião da Maanaim é só a ponta do iceberg do desmoronamento completo do governo Quintão, particularmente após a negativa em pagar a complementação dos aposentados. Para quem acusou os adversários de pai e mãe da mentira, sua gestão tem sido pródiga em não cumprir nada do que prometeu, além de destruir o pouco legado que herdou, haja vista o estrago na avenida Maanaim, a não reabertura do Restaurante Popular, a piora na qualidade do atendimento na rede municipal de saúde, a falta de obras e projetos conseqüentes, responsáveis e estruturantes no município. Aliás, uma cidade que parece acéfala.

COMPARTILHAR:
leia Edição Digital
assine agora!
12_12_2017_23_13_39 12_12_2017_23_13_39

últimas

Subir
Descer
» Publicidade
Banner Cenibra cmi prata
PUBLICIDADE

Shopping

topo SIGA Fique por dentro das últimas notícias

Redação

Interag

Av Juscelino Kubitschek, 1290Jardim Panorama Ipatinga-MG / CEP:35164-245 - diariopopular.redacao@gmail.com

Telefone: (31)3827-0369

Google Maps
© 2000-2017. Jornal de Verdade.