àrea de notificações àrea de notificações àrea de notificações àrea de notificações

Nenhum outro registro encontrado!
Email enviado com sucesso!
Falha ao enviar o email!
31/10/2017 09h14

Atentado em NY deixa oito mortos

As autoridades de Nova York classificaram como um "covarde ato de terrorismo" o atropelamento ocorrido nesta terça-feira (31) na cidade e atualizaram o número de mortos para oito.

BRASÍLIA - As autoridades de Nova York classificaram como um "covarde ato de terrorismo" o atropelamento ocorrido nesta terça-feira (31) na cidade e atualizaram o número de mortos para oito. O atentado ocorreu no sudeste da Ilha de Manhattan, quando um homem atropelou com uma caminhonete várias pessoas, algumas delas em uma ciclovia, perto da margem do Rio Hudson. A informação é da agência EFE.
Até o momento, as autoridades confirmaram que uma pessoa supostamente vinculada com o atropelamento foi detida. A área fica a poucas quadras de onde ficavam as Torres Gêmeas e foi rapidamente isolada pelas forças de segurança.

TERRORISMO

De acordo com duas fontes do governo dos Estados Unidos, o incidente está sendo tratado como um ataque terrorista e o FBI se juntou à polícia de Nova York na investigação, segundo a agência Reuters.
O prefeito de Nova York, Bill de Blasio, disse que parece ter sido um ataque terrorista "covarde". Em entrevista coletiva ao lado do prefeito, o comissário da polícia de Nova York, James O'Neill, afirmou que o motorista era um homem de 29 anos. Ele disse que as autoridades não divulgariam a identidade dele imediatamente, conforme a Reuters.
O Departamento de Polícia da Cidade de Nova York disse em uma publicação no Twitter que um veículo atingiu outro, e então o motorista de um dos veículos "saiu exibindo imitações de armas de fogo e foi baleado pela polícia".

DOENTE

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, chamou de "doente e perturbado" o autor do atropelamento que matou pelo menos oito pessoas e feriu mais de dez nesta terça-feira na Ilha de Manhattan, em Nova York, e afirmou que esse tipo de ataque não deve mais ocorrer no país.
"Em NYC [New York City], parece que houve outro ataque de uma pessoa muito doente e perturbada. As agências de segurança estão acompanhando isso de perto. Não nos Estados Unidos!", disse Trump no Twitter.
Pouco antes, a Casa Branca disse que o chefe de gabinete de Trump, John Kelly, tinha informado ao presidente sobre o ataque e que continuaria a fazê-lo "à medida em que mais detalhes apareçam".
"Nossos pensamentos e orações estão com todas as pessoas afetadas", disse em breve comunicado a porta-voz da Casa Branca, Sarah Huckabee Sanders.

COMPARTILHAR:
leia Edição Digital
assine agora!
23_11_2017_02_23_00 23_11_2017_02_23_00

últimas

Subir
Descer
» Publicidade
Banner Cenibra cmi ajustado
PUBLICIDADE

Shopping

topo SIGA Fique por dentro das últimas notícias

Redação

Interag

Av Juscelino Kubitschek, 1290Jardim Panorama Ipatinga-MG / CEP:35164-245 - diariopopular.redacao@gmail.com

Telefone: (31)3827-0369

Google Maps
© 2000-2017. Jornal de Verdade.