àrea de notificações àrea de notificações àrea de notificações àrea de notificações

Nenhum outro registro encontrado!
Email enviado com sucesso!
Falha ao enviar o email!
20/12/2016 11h30

Médica aplica nova técnica no tratamento da Leishmaniose

Na terapia adotada, foram estipuladas três aplicações do medicamento, podendo chegar a cinco, com um índice de 84% de cura

TIMÓTEO - O município de Timóteo tornou-se referência no tratamento da Leishmaniose Tegumentar (cutânea), graças ao trabalho de mestrado desenvolvido pela médica dermatologista Maria Cristina de Oliveira Duque. “Timóteo é o primeiro município do Brasil a ter o tratamento com aplicação de uma nova técnica que reduz o número de injeções dadas ao paciente e reduz o custo deste tratamento na rede básica de saúde”, afirma a médica.

Ela ressalta ainda que o Ministério da Saúde irá lançar um manual para tratamento da Leishmaniose Cutânea com o objetivo de adotar a prática em outros espaços que não só o acadêmico. “O novo Manual de Leishmaniose Tegumentar Americana será publicado em 2017, adotando como modelo a mesma técnica que utilizo no meu trabalho. O artigo será publicado também no exemplar de dezembro de 2016 da revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical”, comenta.

TÉCNICA
O tratamento sistêmico que sempre fora utilizado permite ao médico fazer a injeção de 15 ml na veia ou no músculo todo dia, durante 20 dias, totalizando 60 ampolas do medicamento para qualquer pessoa com peso acima de 60 kg. Na terapia adotada por Maria Cristina de Oliveira Duque, foram estipuladas 3 aplicações do medicamento, podendo chegar a cinco injeções em alguns poucos pacientes, o que levou a um índice de 84% de cura. “Que se utilize um tratamento menos tóxico, como é o caso do tratamento intralesional da leishmaniose cutânea. Eu obtive mais de 80% de boa resposta no tratamento, os efeitos adversos encontrados foram leves ou moderados e ninguém teve que interromper a medicação”, explicou a médica.

O município de Timóteo possui atualmente 31 pacientes em tratamento de Leishmaniose Tegumentar. Os atendimentos são realizados no Centro de Especialidades Médicas do Primavera, à avenida Acesita, nº1596.

DESPEDIDA
A doutora Maria Cristina de Oliveira Duque foi referência do Programa de Hanseníase da Prefeitura de Timóteo durante 30 anos. Ela agora se aposenta do serviço de saúde pública e fecha com chave de ouro com seu trabalho de dissertação de mestrado (Eficácia e Segurança do Antimoniato de Meglumina Via Intralesional para Tratamento da Leishmaniose Cutânea), um legado de grande valor para os pacientes que receberam seus cuidados e para o município.

COMPARTILHAR:
leia Edição Digital
assine agora!
23_05_2017_00_51_40 23_05_2017_00_51_40

últimas

Subir
Descer
» Publicidade
Banner Cenibra
PUBLICIDADE

Shopping

topo SIGA Fique por dentro das últimas notícias

Redação

Interag

Av Juscelino Kubitschek, 1290Jardim Panorama Ipatinga-MG / CEP:35164-245 - diariopopular.redacao@gmail.com

Telefone: (31)3827-0369

Google Maps
© 2000-2017. Jornal de Verdade.