Policia

Violência no trânsito mata dois

Segundo PRF, motociclista trafegava na contramão

 

IPATINGA – O gerente de vendas de uma concessionária de veículos de Ipatinga, Thiago Victor Gonçalves, 33 anos, morreu em um grave acidente ocorrido no início da noite do último sábado (19). Segundo testemunhas, ele parou a moto Yamaha HHV-5423 em um semáforo na avenida Cláudio Moura, nas proximidades da Cia do Corpo de Bombeiros, quando um caminhão conduzido por Willian Carlos Gomes, 33 anos, bateu na traseira da motocicleta.
A moto ainda foi arrastada por cerca de 500 do local da batida enquanto o corpo de Thiago Victor foi arremessado a uma distância de pelo menos 100 metros. O motorista do caminhão fugiu sem prestar socorro e foi detido, juntamente com um rapaz que seria seu irmão, no bairro Veneza. O veículo foi apreendido e levado para o pátio conveniado.
Conforme a Polícia Militar, o motorista do caminhão apresentava fortes sinais de embriaguez. Ele se recusou a fazer o teste do etilômetro alegando que “conhecia seus direitos”. Thiago trabalhava em Ipatinga, mas é de natural de Belo Horizonte, onde vivem os familiares.
BR-458
Outro grave acidente no fim de semana ocorreu na BR-458, zona rural de Iapu. Duas motos se colidiram frontalmente e um dos pilotos, Anilson Carlos da Silva, de 42 anos, morreu ao dar entrada no Hospital Márcio Cunha. As primeiras apurações da Polícia Rodoviária Federal dão conta de que Anilson trafegou pela contramão da via por aproximadamente 10 metros antes de bater contra o condutor da outra moto, Oliveira Franquilin Mariano, 43 anos, que pilotava a Suzuki, placa HIN-3790, de Caratinga.
Após consulta junto ao sistema informatizado da Polícia, foi constatado que a vítima fatal não possuía carteira de habilitação e que o documento do piloto da outra moto não estava licenciado. Oliveira foi socorrido consciente ao Hospital Márcio Cunha, ficando internado na UTI.


Vítima foi arremessada a 100 metros do local do impacto

Você também pode gostar