Cultura

Vander Lee se apresenta no Centro Cultural Usiminas

(Crédito: Divulgação/Bianca Tatamiya)

IPATINGA – No próximo dia 17, às 20:00h, o Teatro do Centro Cultural Usiminas recebe o cantor e compositor Vander Lee. Os ingressos podem ser adquiridos na bilheteria do Centro Cultural Usiminas (R$ 20 inteira e R$ 10 meia). A classificação é de 18 anos.

No show algumas de suas consagradas composições, entre surpresas neste show que encerra a turnê ‘Sambarroco’. Sambas espirituosos e baladas românticas como ‘Galo e Cruzeiro’, ‘Passional’, ‘Românticos’, ‘Contra o tempo’, ‘Eu e Ela’, ‘Esperando Aviões’ e ‘Onde Deus possa me ouvir’ estarão no repertório, além de composições que flertam com gêneros como choro, xote, baião e até bolero, presentes em ‘Sambarroco’. Vander Lee é acompanhado por Eneias Xavier (baixo, violão e piano).

Em breve, Vander Lee lança “Loa”, o oitavo disco de sua carreira, com inéditas como, “Tu” e “Siga em paz”, que saíram em EP no final de 2013.

Seu olhar poético e original, sempre voltado para o cotidiano e temas relacionados ao amor, futebol e recortes urbanos coloca Vander Lee como um dos compositores mais inspirados da atual cena musical brasileira. Com 15 anos de carreira, suas composições já foram gravadas por artistas como Elza Soares, Fábio Junior, Gal Costa, Leila Pinheiro, Alcione, Maria Bethânia, Elza Soares, Emilinha Borba, Elba Ramalho, Regina Souza, Rita Ribeiro, Luiza Possi e Lokua Kanza.

CARREIRA
A carreira de Vander Lee foi iniciada em bares de Belo Horizonte, sua terra natal, e aos poucos foi introduzindo seu repertório autoral e se apresentando pelos teatros da cidade e interior, até que em 1996 ganhou o segundo lugar no festival ‘Canta Minas’, realizado pela Rede Globo Minas, com a música ‘Gente não é cor’. Esse foi o impulso necessário para o artista produzir seu primeiro CD ainda como Vanderly. Só a partir do segundo CD foi sugerido o nome Vander Lee.

Em novembro de 1998, a cantora Elza Soares conheceu o artista através de uma fita recebida e incluiu a música ‘Subindo a Ladeira’ em seu repertório. A partir daí, Vander Lee fez participações nos shows da cantora em São Paulo, Rio de Janeiro e Salvador.

Seu segundo CD, ‘No Balanço do Balaio’ lançado em 1999 pelo selo Kuarup, circulou timidamente por Minas, Rio e São Paulo, mas rendeu boas críticas e despertou o interesse de várias gerações de cantoras como Rita Ribeiro, Gal Costa, Emilinha Borba, Alcione, Leila Pinheiro, Paula Santoro, Margareth Menezes, Eliana Printes e Luiza Possi, que gravaram suas canções.

Você também pode gostar