Internacionais

Sob protestos, Índia inaugura a maior estátua do mundo

A Índia inaugurou nesta quarta-feira a estátua mais alta do mundo no estado de Gujarat. A estrutura de 182 metros homenageia Sardar Vallabhbhai Patel, líder da independência do país. Feita em bronze, a obra custou 29,9 bilhões de rúpias (US$ 430 milhões; R$ 1,5 bilhão) para ficar pronta.

O primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, ressaltou que a “Estátua da Unidade” servirá como atração turística no país. Para ele, a obra é “símbolo da integridade” nacional. Parte dos residentes avaliam, no entanto, que a construção desperdiçou recursos públicos. Alguns moradores ainda pedem indenização pelas terras expropriadas pelo governo para projetos estatais, como a construção do memorial.

COMPARAÇÃO

A nova estátua indiana tem quase o dobro da altura da Estátua da Liberdade, de Nova York. A segunda maior estrutura fica na China – uma homanegam a Buda de 128 metros. O Crito Redentor do Rio tem 38 metros de altura.

Na cerimônia de inauguração, aviões do governo despejaram flores sobre a estátua, desenhada e decorada pelo escultor Ram V Sutar.

PROTESTOS

Segundo a mídia local, milhares de policiais foram deslocados ao distrito, palco de incidentes de violência e protestos contra a obra. A polícia também teria detido fazendeiros e ativistas tribais que se irromperam contra o investimento na obra.

A “BBC” informa que o governo de Gujarat teria arcado com mais da metade dos custos da estátua. O resto teria sido pago com recursos federais e doações públicas.

Você também pode gostar