Cidades

Sindicatos definem horário do comércio

Ficou estabelecido que no sábado as lojas vão abrir de 9h às 17h, enquanto na segunda e terça (12) será de 9 às 20h   (Crédito: Paulo Sérgio de Oliveira)

 

FABRICIANO – Representantes dos comerciantes e dos comerciários de Coronel Fabriciano e Timóteo assinaram, no final da tarde desta quarta-feira (6), a Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) que estabelece o horário de funcionamento do comércio para o Dia dos Namorados nas duas cidades. Ficou decidido que o horário será unificado, igual ao de Ipatinga, ou seja, no sábado (9), as lojas de Fabriciano e Timóteo vão abrir de 9h às 17h, enquanto na segunda-feira (11) e terça (12), o funcionamento será de 9h às 20h.
A CCT foi assinada pelo presidente do Sindcomércio (Sindicato do Comércio Varejista e Atacadista de Bens e Serviços) do Vale do Aço, José Maria Facundes, e pela presidente do Secteo (Sindicato dos Empregados no Comércio de Timóteo e Coronel Fabriciano), Milene de Almeida da Silva Nunes.
Antes de as duas entidades chegarem a um consenso, houve muita discussão e divergências. Diante do impasse em relação a qual horário seria melhor para as duas partes, o Sindcomércio convocou comerciantes e representantes de outras entidades patronais para uma reunião na manhã desta quarta. “O objetivo foi o de debater o que seria melhor para o empresariado”, comentou José Maria Facundes. “Nos dias em que vai acontecer a prorrogação da jornada de trabalho serão respeitadas duas horas de intervalo para repouso e refeição, exceto aos sábados, quando o intervalo será de uma hora”, emendou o presidente do Sindcomércio.

DIRETRIZES
A CCT abrange as categorias dos empregados no comércio em Fabriciano e Timóteo, independente da função exercida. As empresas dividirão os funcionários em turmas A e B para as devidas compensações de horas extras, sendo que as escalas deverão ser entregues na sede do Secteo até 30 de agosto. “O não cumprimento do que ficou definido na CCT pode acarretar multa ao empresário”, alerta José Maria Facundes. Não será permitido, nos dias 9, 11 e 12, prorrogação da jornada de trabalho além do que ficou estabelecido do na Convenção Coletiva de Trabalho.


O Sindcomércio convocou comerciantes e representantes de outras entidades patronais para uma reunião na manhã desta quarta-feira   (Crédito: Emmanuel Franco)

 

Você também pode gostar