Cidades

Silveira lança Marcha pela “Rodovia da Vida”

Alexandre Silveira durante divulgação do projeto em Ipatinga: promessa de cobrança     (Crédito: Custódio Ribeiro)

IPATINGA – O deputado federal licenciado e atual secretário Estadual de Gestão Metropolitana Alexandre Silveira, percorreu ontem (24) cidades da região Leste de Minas para divulgar o ‘Movimento Marcha pela Rodovia da Vida’, idealizado por ele com o objetivo de cobrar uma ação do Governo Federal em relação às obras de duplicação da BR-381.

No início da tarde, Silveira esteve em Ipatinga, onde concedeu entrevista a jornalistas e explicou sobre o processo de duplicação da rodovia. O secretário afirmou que uma das etapas mais importantes do processo, a conclusão do Projeto Executivo, foi concluída recentemente e que agora cabe ao Governo Federal a boa vontade política e competência para dar início aos trabalhos.

Alexandre Silveira ainda relembrou diversos momentos nos últimos 10 anos onde esteve em discussão a questão da 381. Um deles foi em 2004, enquanto era diretor do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT). Na ocasião, o deputado autorizou a contratação do Projeto de Viabilidade Técnica, Traçado e Meio Ambiente da obra.

Lembrou também de quando o projeto da duplicação foi incluído no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) do Governo Federal, em 2007, o que veio a garantir os recursos orçamentários para a execução. A verba para a obra, de acordo com o secretário, já está prevista no orçamento da União, mas não poderia ser liberada sem a conclusão do Projeto Executivo. “Nem se a presidenta (Dilma) quisesse, ela poderia realizar a obra”, afirmou.
Após lançar o Marcha pela Rodovia da Vida em Ipatinga, Silveira e sua equipe se dirigiram para o município de João Monlevade, também cortado pela 381, com o mesmo objetivo de divulgar o Movimento.

LICITAÇÃO

Esperança de que a obra enfim saísse do papel, o edital de licitação da duplicação da rodovia foi cancelado pelo menos duas vezes nos últimos meses. A última foi em janeiro deste ano, quando houve o adiamento para o mês de junho próximo. “Esses quatro meses de adiamento representaram 52 mortes nesta rodovia”, disse Alexandre Silveira.

O DNIT marcou a abertura dos envelopes da licitação para o dia 13 de junho em Brasília. A previsão é de que o processo licitatório aconteça em mais dois dias: 14 e 17 do mesmo mês. Pensando nisso, o deputado, por meio do Movimento Marcha pela Rodovia da Vida, adiantou que na data de abertura irá disponibilizar um ônibus para levar interessados em acompanhar o processo para a capital federal. O veículo sairá de Ipatinga com destino à sede do Ministério dos Transportes, onde acontecerá a sessão de propostas para o edital. Lideranças empresariais da região também são esperadas na ocasião. Os interessados na viagem podem entrar em contato pelo telefone (31) 3821-0441 ou pelo site www.marchapelavida.com.br.

MG-760
Alexandre também falou durante a entrevista em Ipatinga sobre um outro projeto do Governo do Estado que pode estar prestes a se tornar realidade: a pavimentação da MG-760, que promete oferecer um acesso rápido entre as regiões do Vale do Aço e Zona da Mata mineira.

Alexandre informou que o trecho licitado da rodovia começa no entroncamento do município de São José do Goiabal e incluiu alargamento da pista, recuperação e reforço da ponte, além da construção de desvio e passagem inferior na interseção com a BR-262.

Quando ficar pronta, a rodovia também poderá ser uma opção de acesso à capital Belo Horizonte, passando pelas cidades de Ponte Nova e Ouro Preto. Os estudos técnicos foram autorizados e a licitação para a obra foi vencida pela Tamasa Engenharia, que aguarda somente a ordem de serviço para colocar as máquinas na pista. A obra está orçada em R$ 87,5 milhões e devem ser executadas no período de dois anos e meio, por meio do Programa Caminhos de Minas, do Governo do Estado.

Você também pode gostar