Cidades

Servidores do CAC fazem curso de capacitação no INSS

IPATINGA – Na próxima quarta e quinta-feira (9 e 10), o Centro de Atenção ao Cidadão (CAC), órgão da Câmara de Ipatinga, estará fechado para o atendimento ao público, em decorrência de um curso de capacitação feito pelos servidores. O curso ocorrerá das 8 às 17h e será oferecido pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).
De acordo com o presidente da Câmara de Ipatinga, o vereador Osimar Barbosa (Masinho), a realização desse curso traz benefício não só aos servidores, como também melhora o atendimento ao cidadão. “Qualificar os profissionais do CAC é fundamental, uma vez que os servidores têm contato direto, no dia a dia, com a população e a tarefa de oferecer um bom atendimento é a prioridade do Legislativo”, afirmou.
O curso, denominado “Disseminadores externos das informações previdenciárias”, ocorrerá na própria sede do INSS e será estendido a 25 pessoas, incluindo servidores do CAC e estagiários. A expectativa é que após a qualificação, o Legislativo possa facilitar a vida do munícipe, resolvendo questões previdenciárias que estejam ao alcance de seus servidores.

PREVIDÊNCIA
Tadeu Figueiredo, gerente do CAC, destacou o trabalho realizado pelo órgão, principalmente na área previdenciária. “O CAC vai muito além da isenção de documentos e orientações jurídicas, hoje funcionamos como um ponto de apoio ao INSS, prestando uma série de atendimentos que poupam o tempo e o dinheiro dos cidadãos. Qualificar nossos servidores é permitir que os munícipes sejam ainda melhor atendidos”, enfatizou.
De acordo com o gerente, no último ano, o CAC realizou cerca de 60 mil atendimentos, com uma média de 4,6 mil mensais. Dezoito mil atendimentos, ou seja, 31% dos cidadãos que se dirigiram ao órgão em 2017 foram em busca de soluções de questões relacionadas ao INSS.
“Nosso carro chefe é atender questões previdenciárias e essa área passa por mudanças constantemente. Precisamos nos atualizar para garantir a qualidade da prestação do serviço e a satisfação dos cidadãos”, conclui o gerente do CAC.

Você também pode gostar