VidaSaude

Secretaria de Saúde orienta sobre os cuidados com a saúde bucal

Além da escovação, existem outros cuidados que podem fazer toda diferença na conservação da saúde de nossa boca (Arte: Rafael Sete/SES – MG)

BH – No dia nacional da Saúde Bucal, celebrado nesta quinta-feira (25), a Secretaria de Estado de Saúde Minas Gerais (SES-MG) ressalta a importância da prevenção para evitar os problemas bucais. Manter os dentes limpos é fundamental, mas ainda não é o suficiente para se ter uma boca saudável. A língua, cavidades internas e gengivas também merecem cuidados para evitar infecções que comprometem a saúde bucal. Além da escovação, existem outros cuidados que podem fazer toda diferença na conservação da saúde de nossa boca.
Segundo a diretora de Saúde Bucal da SES-MG, Daniele Lopes Leal, a higienização da boca e uma alimentação balanceada são ações eficazes para uma boca saudável. “Escovar os dentes diariamente após as refeições, utilizar corretamente o fio dental, realizar visitas regulares ao dentista, evitar alimentos ricos em açúcar e ácidos são cuidados que mantêm a boca saudável e previne contra doenças”, orientou.
Entre as doenças mais prevalentes que comprometem a saúde da boca estão a cárie dentária, que é uma lesão que se inicia no esmalte do dente e pode evoluir causando grande comprometimento do tecido dentário; a gengivite, que é a inflamação da gengiva e que pode causar mau hálito e a doença periodontal, que pode comprometer o tecido de suporte do dente. O câncer bucal é a patologia mais grave e o diagnóstico precoce é fundamental para o sucesso do tratamento.
Em Minas existem 2549 equipes de saúde da família com equipes de saúde bucal compostas por Cirurgiões-Dentistas, Técnicos em Higiene Dental, Auxiliares de Consultório Dentário. Essas equipes realizam ações de prevenção e ações educativas, além de prestarem o atendimento clínico aos usuários. São responsáveis, também, por sensibilizar as famílias para a importância da saúde bucal na manutenção da saúde e da qualidade de vida.

PESQUISA
A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais está realizando uma pesquisa que irá fornecer dados sobre as condições de saúde bucal da população mineira, o SB Minas Gerais. Por meio do projeto, a SES-MG pretende identificar os problemas bucais mais frequentes na população, a fim de diagnosticar as necessidades e formular ações que possam impactar o quadro encontrado.
Desde o final de abril, moradores de 60 municípios mineiros estão participando do inquérito epidemiológico. Em cada município estão sendo realizados cerca de 100 exames, totalizando, aproximadamente, seis mil exames no Estado.
A pesquisa consiste na visita de um cirurgião dentista que examina, no domicílio, os moradores voluntários participantes do projeto. As faixas etárias das pessoas participantes são de 05 e 12 anos, 15 a19 anos, 35 a 44 anos e 65 a74 anos.

Você também pode gostar

PHP Code Snippets Powered By : XYZScripts.com