Esportes

Sandro e Neymar marcam e Seleção vence por 2 a 0

No último amistoso antes da estreia da Seleção nos Jogos Olímpicos, o camisa 11 mais uma vez foi protagonista    (Crédito: Rafael Pereira/CBF)

 

LONDRES (CBF) – No último amistoso da Seleção Brasileira antes da estreia no Jogos Olímpicos de Londres, a Seleção Brasileira venceu a Grã-Bretanha por 2 a 0, em Middlesbrough, na Inglaterra. Os gols foram marcados por Sandro e Neymar, todos no primeiro tempo.
O Brasil começou em cima. Tanto na marcação, quanto no ataque. E foi justamente numa roubada de bola ofensiva que a Seleção quase abriu o placar. Logo aos cinco minutos, Neymar aproveitou a bobeira da zaga, ganhou do defensor na corrida e ficou de frente para o goleiro. Pena que o chute não saiu como ele queria e acabou indo para fora.
Não demorou e a superioridade do Brasil, que já era evidente, foi transformada em gol. Numa falta marcada na intermediária do ataque brasileiro, Neymar cruzou com perfeição e a bola, que foi na segunda trave, encontrou Sandro livre para marcar. O camisa cinco cabeceou, encobriu o goleiro e abriu o placar.
Mesmo com o gol, o Brasil não parou de atacar. Não foi à toa que marcou novamente. Hulk, que estava muito bem na partida, se movimentando bastante pelos lados do campo, sofreu pênalti justamente quando arrancava pela ponta direita. Depois de passar pelo zagueiro, foi derrubado com um carrinho dentro da área. Neymar pegou a bola, bateu com atitude e fez o segundo gol da Seleção na partida.
No segundo tempo, o time do técnico Mano Menezes, que fez várias alterações durante a etapa, continuou atacando e dominando a posse de bola. Tanto que o goleiro Rafale Cabral só foi acionado em um lance, mas que o juíz ainda paralisou por conta de um impedimento. De qualquer maneira, ele já tinha defendido. O que não aconteceu foram mais gols. Muito por conta das belas defesas do goleiro inglês.
Esse foi o último amistoso da Seleção antes de estrear nos Jogos Olímpicos de Londres. No dia 26, contra o Egito, o Brasil inicia a sua participação no Torneio Olímpico de Futebol. A partida está marcada para as 19h45 (15h45 de Brasília).

BRASIL

Rafael Cabral, Rafael, Thiago Silva, Juan e Marcelo (Alex Sandro); Sandro (Danilo), Rômulo e Oscar (Lucas); Hulk (Paulo Henrique Ganso), Leandro Damião (Alexandre Pato) e Neymar.

Neymar é eleito melhor em campo
O que um jogador de futebol pensa antes de uma partida? Ganhar o jogo? Fazer um gol? Deixar um companheiro em condições de marcar? Ser eleito melhor em campo? Pois bem, Neymar foi exatamente isso. Tudo isso. No último amistoso antes da estreia da Seleção nos Jogos Olímpicos, o camisa 11 mais uma vez foi protagonista.
“Fico muito feliz de marcar mais um gol e em ajudar a Seleção. Estamos no caminho certo”, comentou Neymar após o fim da partida.
É verdade. Ele chegou a ser vaiado pela torcida que desconfiou quando ele caiu no chão ainda no início do primeiro. Mas depois, a resposta veio na bola. Primeiro, Neymar deixou Sandro livre para marcar quando cobrou falta com perfeição.
Depois, quando Hulk fez grande jogada pela direita e foi derrubado na área, Neymar pegou a bola, colocou na “marca da cal” e fez jus ao seu treinamento quase que diário. Cobrou com atitude, no canto direito do goleiro, e fez 2 a 0 para o Brasil.
Antes mesmo de terminar a partida, já no finalzinho do amistoso, a “cereja no bolo” para Neymar. Apesar de não ter sido sua melhor exibição com a camisa da Seleção, o camisa 11 foi eleito o melhor em campo pela organização do amistoso.

Você também pode gostar