Cidades

Representante do governo promete a Pietro empenho para reabrir hospital

Luiz Felipe Caram (centro), junto com Pietro Chaves (e) e Toninho Professor


BELO ORIENTE
– Representando o governador Antônio Anastasia e o senador Aécio Neves, ambos do PSDB, o vice-diretor-geral do ITER (Instituto de Terras do Estado de Minas Gerais), Luiz Felipe Caram, garantiu o total apoio do Estado ao futuro governo do candidato da Coligação “Belo Oriente da Gente”, Pietro Chaves (PDT). Ele esteve presente no comício realizado no bairro Areão, em Cachoeira Escura. “Com a volta de Pietro Chaves, esta cidade vai retornar aos trilhos do desenvolvimento e progresso econômico e social. E posso atestar isso vendo o grupo de bons companheiros que o cerca e o apóia neste momento”, disse.
Felipe lembrou o grande trabalho feito por Pietro em sua administração anterior (2001-2009), em especial na área de saúde, que culminou na reabertura do hospital municipal.
Falando ao povo do Areão, Pietro Chaves lembrou-se das obras realizadas naquela região durante o seu governo, como a pavimentação das ruas e a melhoria do sistema de tratamento de água.

EDUCAÇÃO
Em evento promovido na última quarta-feira (26) pelo Sindi-UTE (Sindicato Único dos Trabalhadores na Educação), núcleo de Belo Oriente, Pietro Chaves assinou um termo de compromisso que prevê a consolidação da qualidade na gestão pública e a dinamização dos avanços alcançados, bem como conduzir a construção de uma educação capaz de tornar mais a cidade mais justa, sustentável e próspera.

ENGANAÇÃO
No comício que realizou na noite de quarta-feira, em São Sebastião de Braúnas, Pietro Chaves voltou a garantir a construção das casas populares no distrito. Ele lembrou que o projeto foi aprovado pela Câmara no último ano de seu governo (2008), mas até hoje não foi implantado pela atual administração. “Estão construindo aqui uma casa, chamada de modelo. Só se for modelo de enganação. O projeto do “Minha Casa, Minha Vida” aprovado pela câmara previa a construção de 192 casas. Até hoje não fizeram nenhuma, mas nós iremos fazer”, ressaltou

(*) As informações foram enviadas pela assessoria dos candidatos.

Você também pode gostar