Esportes

Rafael ‘Baby’ vence na repescagem e fatura o bronze

RIO – O judoca Rafael Silva, o “Baby”, 29, venceu o uzbeque Abdullo Tangriev, nesta sexta-feira (12), na categoria pesado (mais de 100kg), e conquistou a segunda medalha de bronze do Brasil na Olimpíada.
O brasileiro garantiu o pódio com um yuko aplicado no adversário. É a terceira medalha do judô brasileiro na Rio-2016. Antes, Rafaela Silva conquistou o ouro no peso leve (até 57 kg) e Mayra Aguiar levou o bronze no meio-pesado (até 78 kg).
Baby repetiu o seu desempenho em Londres-2012, quando também conquistou o bronze. Na ocasião, o atleta ganhou a primeira medalha da história do Brasil em sua categoria. Mais cedo, Baby foi derrotado pelo francês Teddy Riner nas quartas de final e deus adeus ao sonho do ouro.

SEM META

Com as três medalhas, o judô brasileiro se despede da Rio-2016 com desempenho pior que Londres-2012, quando conseguiu um ouro e três bronzes, e sem atingir meta estabelecida pela Confederação Brasileira de Judô (CBJ). A entidade tinha como objetivo melhorar o resultado em relação aos últimos Jogos, seja em qualidade (um ouro e uma prata, por exemplo), seja em quantidade de medalhas.

ELIMINAÇÃO PRECOCE
A judoca brasileira Maria Suelen Altheman, da categoria até 78 kg, foi derrotada pela sul-coreana Kim Minjeong logo em sua estreia na Rio-2016, nesta sexta-feira, e está eliminada. Maria era uma das esperanças de medalha do Brasil na modalidade

Você também pode gostar