Cidades

PMI conclui Mutirão de limpeza contra o Aedes no bairro Veneza

IPATINGA – Numa ação combinada das secretarias municipais de Saúde e de Serviços Urbanos e Meio Ambiente (Sesuma), a Prefeitura de Ipatinga concluiu esta semana um amplo serviço feito nos últimos dias para recolhimento de entulhos acumulados no bairro Veneza. Ao todo, foram retirados nada menos que 97 caminhões, aproximadamente 600 toneladas de materiais. O serviço foi iniciado no último dia 2. Além de preservar a estética urbana, a limpeza é parte de uma série de providências tomadas pelo setor de Vigilância Epidemiológica – que conta também com o trabalho dos Agentes de Combate a Endemias (ACE) –, para conter o avanço das arboviroses (dengue, chikungunya e zika vírus) transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti.

INFESTAÇÃO

O bairro Veneza foi diagnosticado como o núcleo de maior concentração dos casos notificados de arboviroses no município. Por sua vez, no bairro Bom Jardim foi detectado o maior índice de infestação do mosquito, e assim o local também deverá receber o mutirão de limpeza nos próximos dias.

Durante o mutirão no Veneza, os moradores foram incentivados a depositar nas calçadas todos os objetos inservíveis que acumulam água e poderiam servir à proliferação do mosquito.

Entre os pontos atendidos estão as ruas Caxias do Sul, Blumenau, Santarém, Cristalina, Fortaleza, Niterói e Teresina, além das avenidas Londrina, Marechal Cândido Rondon e Colatina. As ruas Rio Madeira, Rio Araguaia e Rio São Francisco, no bairro Planalto, também foram percorridas pelas equipes envolvidas na ação de limpeza e parte do Morro do Sossego.

FOCOS DOMÉSTICOS

O último Levantamento de Índice Rápido do Aedes aegypti (LIRAa) indica que os principais focos concentram-se nas residências. Os criadouros estão em vasinhos de plantas, bebedouros de animais e também foram encontrados nos chamados ‘materiais inservíveis’ – aqueles que poderiam ser descartados e, contudo, por algum motivo, permanecem expostos ao acúmulo de água nos domicílios.

A população pode colaborar com a Secretaria Municipal de Saúde no combate ao Aedes aegypti, seja inspecionando as casas na busca ativa pelos criadouros do mosquito ou denunciando, de forma sigilosa, os locais onde existam possíveis focos. O telefone do Centro de Controle Zoonoses é 3829-8383. A repartição funciona  de segunda a sexta-feira, de 7h às 17h.

Na Sesuma, os interessados podem ligar para o Desurb (telefone 3829-8514), das 8h às 13h, ou ainda pelo Whatsapp 9 8587-5724. Os contatos servem para denunciar de forma sigilosa quem insiste em continuar sujando os locais já limpos.

Você também pode gostar