Cultura

Pioneira da cidade e da gastronomia, morre Dona Conceição, aos 92 anos

(DA REDAÇÃO) – A cidade de Ipatinga perdeu nesta terça-feira uma de suas pioneiras e também uma de suas cozinheiras que projetou sua experiência de gastronomia mineira e caseira com sucesso. Conceição Osório de Castro, de 92 anos, que dá nome à rede Dona Conceição com unidades em Ipatinga, Governador Valadares, Belo Horizonte e outras cidades, faleceu hoje (6), no Hospital Márcio Cunha. A rede que leva seu nome e é administrada pela família, começou no bairro Caçula, onde morava Dona Conceição, cuja religiosidade a levou a participar da comunidade da Igreja Católica do bairro enquanto teve forças. O primeiro restaurante, especializado em self-service de comida mineira, foi fundado em 21 de setembro de 1995 e três anos depois iniciou com sucesso sua expansão, instalando-se principalmente em shopping centers de grandes cidades e capitais.

Dona Conceição que já estava com a saúde debilitada há alguns anos, estava internada no Hospital Márcio Cunha em Ipatinga. Seu corpo está sendo velado no Cemitério Senhora da Paz, onde será sepultado nesta terça-feira às 17:00hs.

 

Você também pode gostar