Policia

PC prende acusado de vender psicotrópicos sem receita médica

FABRICIANO – Investigadores da Polícia Civil de Coronel Fabriciano apreenderam na tarde de quinta-feira (1º) vários medicamentos de uso controlado, na rua Belo Horizonte, no bairro Caladinho de Cima. A denúncia chegou por meio de agentes da Vigilância Sanitária do município.
Segundo a investigação policial, os psicotrópicos estavam sendo comercializados de forma irregular por Claudionor Soares Silva, 41 anos. Conforme o inquérito, os medicamentos ficavam no carro do acusado e os clientes (que já sabiam do esquema) compravam sem prescrição médica.
Em depoimento, ele se defendeu, alegando que guardava os remédios em seu carro porque não possuía autorização para comercializar os psicotrópicos no estabelecimento. “Doava os medicamentos para pessoas idosas que tinham dificuldades de adquirir receituário e que não recebia qualquer tipo de ônus pelo fornecimento dos medicamentos”, diz um trecho do depoimento. Entre os medicamentos apreendidos estão antidepressivos e ansiolíticos de marcas famosas.
Claudionor está preso no Ceresp de Fabriciano, por tráfico de drogas, crime inafiançável. “Os medicamentos não são uma droga comum, como a cocaína ou a maconha, mas também constam na portaria da Anvisa como sendo psicotrópicos, ou seja, um tipo de droga”, explica o investigador Higor Leite.

Você também pode gostar