Policia

Menores tentam assaltar relojoaria e são linchados

Menores alegam ter comido sem pagar depois que pessoas se recusaram a ajudá-los    (Foto: Gizelle Ferreira)

 

FABRICIANO – A manhã desta segunda-feira (7) começou com muito trabalho para a Polícia Militar. Adolescentes já reincidentes foram novamente apreendidos cometendo furtos e uma tentativa de assalto à mão armada. A ação dos infratores começou por volta de 7h da manhã, quando quatro indivíduos entraram em uma padaria na Praça Sérvolo Roque, no Centro da cidade.
De acordo com a Polícia Militar, três deles entraram e ficaram circulando enquanto um se dirigiu ao balcão e pediu uma porção de pão de queijo, indo em seguida ao caixa, quando furtou outros produtos.
Os suspeitos saíram do estabelecimento normalmente e, em seguida, agiram em outra padaria, na rua Moacir Birro. Com o mesmo ‘modus operandi’ levaram refrigerante, sorvetes e fugiram. No encalço dos acusados, a PM conseguiu prender M.O.S., 23 anos, e um adolescente de 14 anos de idade.
A reportagem conversou com o adolescente e ele confessou o ato. Segundo o menino, ele chegou a pedir várias pessoas ajuda para poder comer, pois estava com fome, e diante das recusas se viu obrigado a comer e sair sem pagar. “Eu pedi a mulher um pão e um Toddy e comi, saindo sem ela ver”, disse o menino, que relatou viver em situação de risco.
Ao ser questionado sobre onde estariam seus pais, o menor disse que sua mãe é usuária de droga e que não possui casa. Ele contou que vive da ajuda de moradores na região da “Prainha”. “Minha mãe fica por aí fazendo essas coisas erradas também. Quando eu estava na barriga da minha mãe, ela já fumava pedra e o médico fala que eu tenho problema por causa disso”, relata o menino, dizendo que precisa furtar para sustentar o seu vício no crack. Segundo a PC, o menor é apreendido pelo menos duas vezes por semana.
O rapaz de 23 anos disse que não participou do furto e que só deu uma mordida no pão do adolescente.

LINCHADOS
Em outra ocorrência, dois adolescentes foram linchados após uma tentativa frustrada de assalto em uma relojoaria no Centro de Coronel Fabriciano. Dois menores, um de 15 e outro de 14 anos, entraram armados em uma relojoaria e anunciaram um roubo. Um deles, que estava com uma faca, acabou sendo contido pelo vigilante do estabelecimento. O outro – que estava com uma marreta debaixo da blusa – fugiu.
Mas, ao tentar correr, ele acabou sendo pego por populares, que usaram de violência contra o menino. O outro garoto que ainda estava dentro da loja conseguiu se desvencilhar do vigia e também tentou fugir, mas acabou sendo pego pelo linchamento.
Em minutos, a Polícia Militar chegou ao local, conteve os ânimos dos populares e apreendeu os menores. Eles foram encaminhados ao Hospital Vital Brazil, com várias escoriações pelo corpo. A todo momento, os jovens estavam sendo acompanhados por conselheiros tutelares. Depois, foram conduzidos à Delegacia de Coronel Fabriciano e liberados.

Você também pode gostar