Cidades

Márcio Cunha promove Semana da Enfermagem

Evento celebra o compromisso social e valores intrínsecos à profissão de enfermagem  (Foto: Nilmar Lage)

 

IPATINGA – Com o foco na segurança e na qualidade da assistência prestada ao paciente em todas as linhas de cuidado, o Hospital Márcio Cunha celebra a Semana da Enfermagem 2012, com ações que começaram nesta quarta (9), e vão até sexta, dia 11. Neste ano, o evento traz como tema Compromisso Social, cuidado da saúde e segurança do paciente, ressaltando valores intrínsecos às atividades de enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem no dia a dia da profissão.
Dentre as ações da Semana, destacam-se as palestras Farmacovigilância, ministrada pela farmacêutica Karolina Nascimbeni Silva; Implantação do programa Preparo do Cuidador: desafios e resultados, com a assistente social Lívia Vasconcelos; e Intervenções de enfermagem no diagnóstico precoce e tratamento da Sepse, preparada pela enfermeira Patrícia Pacheco. Além da rodada de palestras, a Semana da Enfermagem 2012 contará com missas nas capelas das unidades I e II do hospital.
“Esta é mais uma entre as diversas iniciativas do Hospital Márcio Cunha que destacam a importância dos mais de mil profissionais de Enfermagem que aqui atuam. Sejam enfermeiros, técnicos ou auxiliares de enfermagem, nosso compromisso é com a valorização da assistência ofertada a todos os pacientes, reconhecendo, acima de tudo, o bom desempenho de nossos profissionais”, ressalta a coordenadora técnica de Enfermagem do Hospital Márcio Cunha, Lúcia Maria de Figueiredo Abreu.

RECONHECIMENTO

Instituída por decreto em 1960, pelo presidente Juscelino Kubitscheck, a Semana da Enfermagem é celebrada anualmente no período entre 10 e 20 de maio e tem como referência a celebração das datas de dois importantes personagens da saúde na história. Em 12 de maio de 1820, nasceu a inglesa Florence Nightingale, precursora no tratamento a feridos durante a Guerra da Crimeia e no ensino com base em fundamentos científicos.
Sessenta anos mais tarde, em 20 de maio de 1880, faleceu a baiana Ana Néri, pioneira brasileira da Enfermagem que se dedicou ao atendimento aos feridos durante a Guerra do Paraguai, sendo conhecida como “mãe dos brasileiros”. Em homenagem às duas personalidades, comemora-se o Dia do Enfermeiro no dia 12 de maio (decreto 2956/1938) e o Dia dos Técnicos e Auxiliares de Enfermagem no dia 20 de maio (resolução Cofen 294/2004).

Você também pode gostar