Esportes

Mano Menezes é demitido da Seleção Brasileira de Futebol

O técnico Mano Menezes foi demitido do cargo de comandante da Seleção Brasileira nesta sexta-feira. A saída do treinador ocorreu depois de reunião na sede Federação Paulista de Futebol, em São Paulo. Logo depois do encontro, o treinador confidenciou a sua saída a integrantes da comissão técnica. Justamente por isso, a notícia chegou rapidamente à Cidade do Galo, que conta com o preparador físico Carlinhos Neves e o médico Rodrigo Lasmar no grupo de profissionais da Seleção.

Na última quarta-feira, depois do Superclássico das Américas, na Argentina, o presidente da CBF José Maria Marin teria ido embora sem cumprimentar o treinador, fato que comprovaria um atrito entre as partes. O motivo da demissão de Mano seria a falta de resultados satisfatórios nas competições.

Um dos favoritos para assumir a vaga do gaúcho é Luiz Felipe Scolari. Campeão mundial pelo Brasil em 2002, o ex-técnico do Palmeiras está sem clube. Outra opção é Muricy Ramalho, que treina o Santos, e tem se destacado por conquistas nacionais e internacionais.

A nova comissão técnico da Seleção deve ser confirmada nos próximos dias.

 

Histórico do ex-treinador da Seleção
Com passagens vitoriosas por Grêmio e Corinthians, Mano assumiu a vaga de Dunga no comando brasileiro no dia 24 de julho de 2010, depois da Copa do Mundo na África do Sul. Ele havia sido preterido e a chance seria de Muricy Ramalho, mas depois de recusa do paulista por questões contratuais com o Fluminense, acabou contratado.
A estreia de Mano aconteceu no dia 10 de agosto, na vitória sobre os Estados Unidos, por 2 a 0. Embora o retrospecto seja favorável ao treinador (21 vitórias, seis empates e seis derrotas), Mano sempre foi questionado por não conseguir vencer seleções de ponta: foram derrotas para Argentina, França e Alemanha.

(Superesportes)

Você também pode gostar