Cidades

Maioria dos comerciantes espera vender mais em 2012

Em relação ao “ticket médio”, ou seja, quanto cada cliente deve gastar ao ir às compras, 27,3% dos comerciantes estimam que será de R$ 30 a R$ 50   (Foto: Emmanuel Franco)

 

IPATINGA – O Dia das Mães é a segunda melhor data festiva do comércio varejista, só perdendo para o Natal, se destacando pelo forte apelo emocional e comercial, gerando inúmeras oportunidades de negócios. Visando garantir maior eficácia nas ações dos lojistas e a sinergia do setor, o Sindcomércio Vale do Aço realizou uma sondagem de opinião do comerciante. Empresários de Coronel Fabriciano, Ipatinga e Timóteo responderam a um questionário que, entre outros temas, abordou a expectativa do desempenho das vendas, formas de pagamento e “ticket médio” por consumidor. Os resultados foram compilados e contribuem para reforçar a leitura do atual ambiente comercial da região.
“Não hesite: invista no ‘mix de produtos’, na decoração das vitrines, em mão-de-obra qualificada e torne o seu ponto de venda bonito, agradável e atrativo”, orienta o presidente do Sindcomércio Vale do Aço, José Maria Facundes. “Promover sorteios, dar brindes e descontos podem ser um diferencial decisivo”, sugere.

EXPECTATIVA

Como você acha que serão as vendas em relação ao ano passado? Esse foi um dos questionamentos feito aos comerciantes. 55,1% acreditam em um desempenho melhor em 2012, enquanto 32,1% estimam vender o mesmo que em 2011. Apenas 12,8% dos lojistas se mostraram pessimistas e disseram que os negócios serão piores. Para 23,3% dos que estão otimistas as vendas aumentarão em 10%. 34,9% acreditam que esse crescimento vai variar entre 10 e 20%. Já 27,9% prevêem um aumento de 20 a 50%.

VENDAS
Acerca de qual o principal fator que pode levar o consumidor a ir às compras, 51,6% dos empresários não titubearam em dizer que é o apelo emocional do Dias das Mães. Para 20,9%, as vendas serão incentivadas pelos novos produtos e estoques diversificados. 9,9% dos lojistas apostam em preços menores, seguidos de promoções de estímulo e kits (7,7%); prazos mais dilatados (5,5%); confiança das pessoas no emprego (3,3%) e prorrogação da redução do IPI (1,1%).
Para 53,6% dos entrevistados o endividamento do consumidor poderá atrapalhar as vendas no Dia das Mães de 2012. Outros fatores que podem frear as vendas, conforme os comerciantes, é a concorrência acirrada (22,6%), preços altos dos produtos (14,3%) e altas taxas nas operações de crédito (9,5%).

FORMAS DE PAGAMENTO
Quando indagados sobre qual forma de pagamento deverá sobressair, 48,9% dos comerciantes não tiveram dúvidas em afirmar que o cartão de crédito parcelado será o método mais usado. 19,1% dos que responderam às perguntas preveem que os consumidores optarão pelo pagamento à vista em dinheiro, seguido do cartão de débito (18,7%), de uma parcela através do cartão de crédito (10,6%) e do crediário ou carnê (3,2%).

“TICKET MÉDIO”

Em relação ao “ticket médio”, ou seja, quanto cada cliente deve gastar ao ir às compras, 27,3% dos comerciantes estimam que o gasto médio será de R$ 30 a R$ 50. Para 28,6% dos lojistas esse valor deverá variar entre R$ 70 e R$ 100, enquanto 19,5% vislumbram que será de R$ 50 a R$ 70. A pesquisa foi feita nos dias 10, 11, 12 e 13 de abril.


“Não hesite: invista no ‘mix de produtos’, na
decoração das vitrines, em mão de obra qualificada
e torne o seu ponto de venda bonito, agradável e atrativo”.

José Maria Facundes,
presidente do Sindcomércio Vale do Aço

Você também pode gostar