Policia

Mãe percorre Ipatinga em busca de filho desaparecido

Mãe conta que já foi até o IML na esperança de encontrar o corpo do filho

 

IPATINGA – Várias famílias vivem o dilema de ter um parente desaparecido. Assim é o caso dos familiares do músico Vinícius, conhecido como “Mainha”, ou do sumiço recente de quatro jovens moradores do bairro Cidade Nova, em Santana do Paraíso.
Não é diferente a história de desespero da dona-de-casa Maria Inês Agostinho, de 55 anos, que desde que o filho Izaías Agostinho Pedro, 30 anos, sumiu, não teve mais sossego. A mãe procurou o DIÁRIO POPULAR e contou a aflição que está vivendo desde o dia 23 de fevereiro, data em que o filho saiu de casa e não disse para onde ia.
A mulher relata que já percorreu vários bairros de Ipatinga, na tentativa de encontrar o filho, além de procurar no Instituto Medido Legal, na esperança de reconhecê-lo entre alguns corpos que apareceram no IML sem identificação. “Eu já procurei em todos os lugares possíveis e nem sinal dele. Já fui a hospitais e também não obtive resposta”, disse.

DEPRESSÃO

Maria disse que o filho sofre de depressão, e que por causa disso sempre foi uma pessoa calada. Segundo ele, no dia do desaparecimento, ele juntou as roupas em uma bolsa e saiu. “No dia que o vi pela última vez, ele estava com uma camisa do exército escrita “Exército de Jesus Cristo”, uma bermuda marron na altura do joelho. E ele ainda está sem o medicamento dele”, conta aflita.
Para a dona-de-casa, a maior dificuldade está sendo a divulgação da fotografia do filho, pois a única que encontrou foi um retrato de Izaías ainda criança, nos arquivos escolares onde o filho estudou. “Mas, mesmo assim, eu peço que se alguém souber que ele é meu filho que entre em contato comigo pelo telefone (31)8507-6042”, finaliza.

Você também pode gostar