Cidades

Licitação de software da PMI no valor de R$ 5 milhões é suspensa

IPATINGA – O governo do prefeito cassado de Ipatinga Sebastião Quintão (PMDB) suspendeu nesta segunda-feira, por tempo indeterminado, a licitação de locação de software no valor de R$ 5.657.162,26. A denúncia sobre o certame já vinha circulando nas redes sociais e era motivo de indagações, uma vez que a administração alega que a Prefeitura está quebrada, as vias públicas da cidade repletas de buracos, servidores sem receber salários e férias e inativos sem pagamento.
Ainda segundo as denúncias, o atual governo, mesmo após ter sido condenado a deixar o cargo, abriu às pressas uma licitação para locação de software para o dia 21/03, as 13h, com o número 006/2018, no valor global de R$ 5.657.162,26, como consta no Portal da Prefeitura.

SUSPENSÃO

Entretanto, o portal eletrônico da Prefeitura anunciava a suspensão do pregão, determinada pelo secretário Municipal de Dados, Lucas Brum da Silva. A nota no site da PMI limitou-se a dizer que estava suspenso por tempo indeterminado o certame, cujo objeto é a Locação de licença de uso de sistema de gestão pública, conversão de banco de dados e implantação, treinamento, desenvolvimento de funcionalidades específicas e serviços de suporte aos processos de negócios que os softwares estão inseridos conforme descrições dos serviços contidas no Termo de Referência – Anexo I, para atender às necessidades de modernização das Secretarias Municipais de Fazenda, Administração, Planejamento e Dados do município de Ipatinga. Ainda conforme a nota, informações complementares podem ser obtidas no Departamento de Suprimentos, tel. (31) 3829.8203, de 12 às 18 h.
O informe não explica o motivo da suspensão.

Você também pode gostar