Cidades

Lançamento de “Timóteo da Gente” mobiliza comunidade

Lançamento reuniu quinhentos timotenses em busca do desenvolvimento da cidade

 

TIMÓTEO – Mais de 500 pessoas aderiram ao movimento Timóteo da Gente na noite desta terça-feira (3). Com a casa cheia, o lançamento da iniciativa organizada pela Associação de Ação e Desenvolvimento Social de Timóteo, no Sesi, Timirim, marcou o início da construção conjunta de um projeto que objetiva o desenvolvimento de Timóteo. O presidente da instituição, Reginaldo Silveira, explicou que a proposta é discutir alternativas para a cidade nos âmbitos sociais, políticos e econômicos: “Iniciamos um movimento popular, independente, democrático e aberto para que os próprios timotenses discutam seus anseios e nos ajudem a traçar o que a cidade e a população precisa para evoluir”, esclareceu Reginaldo.
Convidado a ser coordenador do movimento, o vereador Keisson Drumond comemorou a significativa participação popular no lançamento e reforçou que espera que a mobilização consiga agregar cada vez mais pessoas. “A presença de cada um neste primeiro evento fortaleceu o movimento. É importante que todos discutam sobre o futuro da cidade em âmbito apartidário, ouvir lideranças comunitárias, conhecer o sentimento e expectativas da população para construir um projeto de transformação de Timóteo numa cidade melhor, em um lugar em que todos sonham em morar”, destacou Keisson.
O coordenador acrescentou que a construção conjunta de um planejamento é a base da gestão compartilhada: “Sugerindo o que é necessário, o povo recebe o benefício por meio de serviços e equipamentos públicos de qualidade”. Para Keisson Drumond, Timóteo é uma cidade próspera e com muito potencial: “Temos o Parque Estadual do Rio Doce, em que é possível desenvolver várias pesquisas. A Aperam, instalada em Timóteo, compra muitos insumos fora quando poderia comprar na cidade. Também podemos estimular o esporte para termos um povo mais sadio; melhorar o saneamento básico, entre outras coisas. Mas é a população que sabe o que é necessário fazer”, ressaltou.
RMVA
Representando as cidades da Região Metropolitana do Vale do Aço, o prefeito de Fabriciano, Chico Simões, incentivou a iniciativa ressaltando que o desenvolvimento de Timóteo influencia a região. “Nós moramos numa região metropolitana e o que acontece numa cidade reflete na outra. Aqui as pessoas moram numa cidade e trabalham na outra. Por isso, é importante saber que Timóteo volta a se preocupar em discutir o que sente cada indivíduo. Para que as pessoas se sintam donas da cidade nada melhor do que elas mesmas indicarem o que é preciso fazer”, argumentou. O evento também contou com um momento lúdico com participação do artista timotense Gil Ferreira, que declamou o hino de Timóteo, de autoria de Rita Erlene Martins Gomides.

 

Proposta é debater projeto
Timóteo
– O Timóteo da Gente é um movimento de mobilização da sociedade civil, não governamental, aberto, democrático, suprapartidário e independente. Entre os objetivos estão provocar a reflexão sobre o papel e a importância de cada um na transformação da sociedade, estimular a participação cidadã na construção de um novo projeto. É também um jeito diferente de começar a preparar Timóteo para comemorar seus 50 anos em 2014: com reflexão e mobilização.
O evento desta terça lançou uma série de ações que abrem espaço para que timotenses indiquem o rumo do desenvolvimento da cidade por meio de propostas concretas para aperfeiçoar os serviços públicos, impulsionar o desenvolvimento sustentável e melhorar a qualidade de vida da população.

Você também pode gostar