Cultura

Humoristas do Casseta & Planeta explicam novidades no retorno à TV

Os cassetas posam para fotos, mas são interrompidos no Mercado Municipal de São Paulo

 

O Mercado Municipal de São Paulo ganhou uma grande dose de bom humor nesta quinta (22). A equipe “Casseta & Planeta Vai Fundo” se encontrou com jornalistas na capital paulista para apresentar as novidades do humorístico, que volta reformulado à tela da Rede Globo a partir de 30 de março. O diretor de núcleo Maurício Farias celebra o retorno.
– É um prazer trabalhar com essa turma. Sempre estivemos juntos e este ano vamos fazer a nova temporada. Considero muito importante esta volta.
Por 18 anos consecutivos, Claudio Manoel, Helio de La Peña, Marcelo Madureira, Beto Silva e Reinaldo romperam paradigmas da comédia, criticaram em piadas, escreveram a história do humor na televisão e, mais do que tudo, riram e fizeram rir. Depois de uma pausa de pouco mais de um ano, o retorno conta com novos integrantes: a comediante Miá Mello, a ex-participante do Big Brother Brasil, Maria Melilo e o Gustavo Mendes – que ganhou fama imitando a presidente Dilma na internet. O casseta Claudio Manoel justifica as escolhas.
– O que nos incentivou a chamar os três foi renovar mesmo. Toda a equipe é diferente, só a caracterizadora é a mesma. Ela é mágica! E a ideia de ter duas garotas mais a ‘Dilma’ é brincar com gente nova, gente diferente – conta o humorista, que ainda esclarece o novo nome – O ‘Vai Fundo’ é porque vamos explorar os temas. Um tema vai ter subtemas, convidados, música…
Além do maior contato com o público, os humoristas ganham a ajuda de novas participações nesta temporada. Os temas de cada episódio, como amor, maracutaia, celebridades,ecologia e outros, são anunciados pela locução do apresentador Paulo Bonfá – mais uma voz nova na atração. Cada assunto dá o tom e estética do programa, que irá abordá-los em situações do cotidiano ou ambientes imprevisíveis.
– Vamos fazer diferente do que a gente fazia, agora com roteiro mais estruturado – conta Claudio Manoel – Agregamos novos colaboradores, que deram uma química. O programa roterizado facilita mais o fazer diferente, gera um produto diferente e isso também vai depender do retorno do público.

Você também pode gostar