Cidades

Governo de Jaguaraçu tem aprovação de 83%

Nonato Iácome/RKG

JAGUARAÇU – A administração de Jaguaraçu é muito bem conceituada entre os 26 municípios que compõem o Colar Metropolitano do Vale do Aço, com 83% de avaliação positiva dos serviços oferecidos pelo governo do prefeito Márcio Lima de Paula (PP). Os dados foram apurados em pesquisa realizada pela Tabulare Pesquisa & Consultoria no período de 2 e 4 de fevereiro deste ano. Foram abordadas 300 pessoas com idade acima de 16 anos, domiciliadas em Jaguaraçu. A margem de erro da pesquisa é de três pontos percentuais, dentro de um intervalo de confiança de 95%.

O município ocupa uma área de 164 km² no Colar Metropolitano, foi emancipado em 1953 e tem apenas um distrito, Lagoa do Pau. A população estimada em 2013 era de pouco mais de 3 mil pessoas. Entre os filhos ilustres incluem-se o ator José Mayer, que faz o personagem Cláudio Bolgari, na novela Império, da Globo, e Elke Maravilha, nascida na Rússia mas criada em Jaguaraçu a partir dos oito anos de idade.

Jaguaraçu também é conhecida como a “Cidade das Águas”, por ser banhada pela Cachoeira da Jacuba, uma das principais opções turísticas e de lazer da região. De clima ameno, o município registra temperaturas médias de até 10º a menos que outras cidades do Vale do Aço.

Na pesquisa da Tabulare, todos os serviços oferecidos pelo governo municipal receberam nota positiva por parte dos entrevistados. Enquanto o sistema de atendimento de saúde público é um gargalo por toda a região, em Jaguaraçu 90,1% dos moradores consideram os investimentos na saúde como ótimo/bom na cidade. Já o atendimento nos postos de saúde tem aprovação de 88% e o translado de pacientes tem avaliação positiva de 82%.

A pesquisa aponta ainda que o serviço municipal de ensino tem avaliação positiva de 83% da população. O serviço de assistência social, por sua vez, recebeu o aval positivo de 73,5%, e o serviço de iluminação pública, 89,4%. O nível de satisfação dos serviços de infraestrutura foi de 85,5% e o de segurança pública, 75,5%. Com relação aos investimentos de saneamento básico na cidade, a aprovação chega a 80,6% e sobre o abastecimento de água, 83% dos moradores consideram o serviço satisfatório.

A pesquisa também apurou o grau de importância que os moradores dão a oito serviços listados. O de maior relevância, segundo os dados obtidos, é a saúde pública (30%), seguido de ensino (17,6%), segurança (12,2%), abastecimento de água (10,8%), limpeza pública (9,8%), assistência social (8,4%), saneamento básico (7,5%) e infraestrutura (3,7%).

CAVALGADA
A pesquisa realizada pelo Instituto Tabulare procurou aferir também se os moradores concordam ou não com a realização da tradicional cavalgada na cidade. O estudo apontou que 85,8% aprovam o evento, contra 6,4% que reprovam. O percentual dos que não quiseram responder chegou a 7,8%. De acordo com a pesquisa, dos que aprovam, 36,7% entendem que a cavalgada oferece entretenimento. Para 22,7% é porque a festa atrai turistas e 17,2% pelo fato de o evento gerar emprego e renda. Outros 8,7% justificam a aprovação porque a cavalgada promove a cidade; e 5,5% disseram que a festa também ajuda as pessoas mais carentes.


O prefeito de Jaguaraçu foi reeleito com 78,95% dos votos válidos

Foco é na qualidade, assegura o prefeito
Para o prefeito Márcio Lima de Paula, de 37 anos, a avaliação positiva dos moradores do município reflete o acerto da política de gestão dos recursos públicos implantada em sua primeira administração (2008-2012) e aprimorada nos anos seguintes.

Oriundo de uma família sem qualquer tradição na política, Márcio atuava na iniciativa privada, no ramo de pré-moldados, mas sempre se interessou por temas de interesse comunitário. A convite da então prefeita Célia de Oliveira Coelho, resolveu ingressar na vida pública e candidatou-se a prefeito pela primeira vez, sendo eleito com 54% dos votos válidos. Em 2012, foi reeleito com 78,95% dos votos dos eleitores.

“Procurei implantar na administração o princípio de gestão que adotava na minha empresa, voltado para a otimização dos recursos, combate ao desperdício e foco permanente na qualidade dos serviços prestados. Ao mesmo tempo, encontrei uma população que não tolera clientelismos, isso faz parte da cultura da cidade. Para se ter ideia, nunca fui procurado para atender a interesses particulares. Aqui os moradores cuidam de seus bens, reformam suas casas, passeios, sem procurar ajuda da prefeitura. Apoiamos, é claro, os projetos que são de interesse coletivo. Acho que é por estes fatores que nossa administração tem sido tão bem avaliada”, disse o prefeito, que atualmente é o presidente do Consórcio Intermunicipal da Microrregião do Vale do Aço – Consaúde.


                                                Fonte: Tabulare Pesquisa & Consultoria

Você também pode gostar