Cultura

Estação Memória expõe e vende produção de detentos

Artesanato de detentos de Ipaba está exposto até o dia 20 em Ipatinga    (Crédito: Divulgação/Seds)

 

IPATINGA – Peças de artesanato e industriais produzidas por presos da Penitenciária Dênio Moreira de Carvalho, em Ipaba, estão expostas até o dia 18 deste mês no Museu Estação Memória Zeza Souto, em Ipatinga. É uma oportunidade de conhecer os trabalhos de mais de 120 detentos da unidade prisional, dentre marcenaria, tornearia, entalhe, costura, serralheria, móveis de madeira e bambu, peças em biscuit e quadros pintados a óleo.
“Estamos muito empolgados com a mostra, principalmente pela oportunidade de divulgarmos o talento, dedicação e empenho dos detentos. Temos apoio tanto da Secretaria de Estado de Defesa Social quanto das famílias e da Justiça, nas diversas ações de ressocialização no presídio”, conta o diretor geral, Adão dos Anjos.
Este é o segundo ano que a direção do Presídio de Ipaba leva para o museu, que funciona no prédio de uma antiga estação ferroviária, peças produzidas em suas 20 oficinas e cursos. O convite para a exposição foi feito pela coordenação do Museu Estação.
Os parentes são os responsáveis pela venda das peças artesanais, que são destinadas para a ampliação do rendimento familiar. As obras são produzidas em um galpão da unidade prisional, construído especialmente para isso.
O museu está localizado na rua Belo Horizonte, 272, no centro de Ipatinga. O local fica aberto à visitação de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h. Mais informações pelo telefone (31) 3829-8349

OUTROS
A unidade prisional também fabrica móveis e uniformes do sistema prisional de Minas Gerais, além de possuir uma lavanderia industrial que lava roupas de uma grande empresa da região. A unidade conta também com uma oficina de carros, responsável pela manutenção de veículos do Estado.

Você também pode gostar