Policia

Em ataque de fúria, adolescente viciado ataca irmã com machado

“Ela vive me zuando e aí eu fiquei com raiva”, diz adolescente

 

IPATINGA – Um adolescente de 17 anos foi apreendido na tarde de anteontem (1º) após tentar matar a irmã de 14 anos, na rua Gaturama, no bairro Vale do Sol. Em entrevista ao DIÁRIO POPULAR, o garoto – que confessou ser usuário de drogas -, disse que tentou matar a irmã com um machado depois de ter tido um ataque de fúria.
Segundo conta, ele não estava sob efeito de nenhum entorpecente quando tentou cometer o crime e se disse arrependido pelo que fez. A jovem foi defendida pela mãe. O menor foi ouvido e liberado.
Confira a conversa com o adolescente.

DIÁRIO POPULAR – Por que você tentou matar sua irmã?
MENOR – O negócio é que eu “tô” usando droga demais, aí fica difícil demais. Ela vive me “zuando” e aí eu fiquei com raiva.

DP – Como foi essa “zuação”?
MENOR – Ela estava chegando da escola e veio rindo da minha cara, falando que eu estava com cheiro ruim, esquisito. Aí eu simplesmente peguei o machado, corri atrás dela, e ela correu para casa da vizinha. A intenção na hora era de matar. No momento da raiva eu até troco tiro com a polícia se for preciso.

DP
– Qual droga você usa?
MENOR: Pedra, bagulho…

DP
– O que passou na sua cabeça para tentar matar sua irmã?
MENOR – Muita carga de ciúmes, raiva.

DP
– E se você tivesse conseguido matar sua irmã, como seria agora?
MENOR – Possivelmente eu estaria arrependido.

DP – Você vai pedir desculpas pra ela?
MENOR – Vou ter que pedir né. Não sei se ela vai aceitar, porque nunca combinamos, nunca gostei dela porque ela é irmã minha só por parte de mãe.

Você também pode gostar