Cultura

Dia das mães com abraços e poesia

A apresentação do Projeto Poesia Itinerante emocionou o público presente

 

IPATINGA – Cerca de 50 idosos que vivem no Lar dos Velhos Paulo de Tarso, no bairro Bom Retiro, em Ipatinga, tiveram momentos de descontração na tarde desta sexta-feira (11), proporcionados por uma ação voluntária em alusão ao Dia das Mães. O evento, promovido pelo Programa Voluntários Vale em parceria com o Projeto Poesia Itinerante, do Colégio São Francisco Xavier (CSFX), antecipou as emoções que estão por vir no próximo domingo (13), quando muitas internas devem sair do Lar para comemorarem a data juntas de seus familiares e filhos.
A ação denominada “Amor e carinho para as mamães” contou com uma apresentação especial do “Poesia Itinerante” e também com a distribuição de caixinhas artesanais e rosas para as vovós. “Foi lindo! Só temos a agradecer a essas senhoras e senhores por nos receberem aqui. Participar desse tipo de ação nos traz uma satisfação tão grande que percebemos que apesar da homenagem ter sido para elas, o presente foi nosso”, disse a técnica mecânica Édla Martha Martins.
É a segunda vez que os Voluntários da Vale realizam a ação do Dia das Mães no Lar dos Velhos Paulo de Tarso. “Além disto, sempre que possível visitamos os internos e trazemos doações de leite e fraldas”, completa Édla.

POESIA E MÚSICA
O evento foi marcado pelas poesias e músicas cantadas pelas alunas do CSFX e também pelo professor Marcelo Pereira Souto. “Música e poesia são a mistura perfeita para despertarem na gente os sentimentos melhores que temos. Não tem como não se emocionar”, afirmou a interna Maria Lage Freitas, que é mãe de quatro filhos.
A secretária e voluntária do Lar dos Velhos, Greice Keli Machado, realça a importância do trabalho voluntário para a entidade. “Ações voluntárias são sempre bem-vindas. Durante o ano, vários grupos nos visitam e trazem animação para nossos internos. Além disso, tem aqueles voluntários que estão aqui todos os dias nos ajudando com o banho e a alimentação dos vovôs e vovós”, pontua, destacando que qualquer pessoa interessada pode visitar e trabalhar voluntariamente no local. “Basta ter disposição e boa vontade”, frisa.

VOLUNTÁRIOS VALE
Os Voluntários Vale atuam em Ipatinga desde 2006 através do Comitê da Estrada de Ferro Vitória-Minas. Iniciado em 2003, o programa Voluntários Vale estimula a cultura de voluntariado dentro da Vale. Com isso a empresa incentiva uma postura socialmente responsável de seus empregados, fortalecendo o diálogo social e contribuindo para o desenvolvimento local dos territórios onde atua.

AÇÃO SOCIAL
O Lar dos Velhos Paulo de Tarso é uma tradicional entidade prestadora de assistência social situada na rua Lourenço Veiga, 96, no bairro Bom Retiro, em Ipatinga (MG). Com 45 anos de existência, o Lar atende hoje mais de 50 internos. A entidade é considerada uma associação assistencial beneficente e tem como principal missão observar os princípios da solidariedade, cooperação, liberdade, fé, justiça, democracia e fortalecimento dos direitos e dignidade da pessoa humana. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (31) 3823-2811.

Grupo de poesia é formado por alunos alunas do Ensino Médio
Ipatinga
– Formado atualmente por quatro alunas do 2º ano do Ensino Médio (Isabel Veloso Moutinho, Kerolaine Lopes Folgado, Letícia Martins Souza e Talita Emídio Andrade), o Poesia Itinerante busca, entre outros objetivos, oferecer aos alunos do Colégio São Francisco Xavier um espaço para que possam expor suas habilidades através de obras poéticas e musicais. “Acredito que essa oportunidade pode proporcionar aos nossos alunos experiências sociais e culturais que poderão acompanhá-los por toda vida”, realça o professor Marcelo Pereira Souto, idealizador do projeto, para continuar: “Meu prêmio maior é a oportunidade de descobrir alunos talentosos e sensíveis à arte em meio a uma geração tão bombardeada pela mídia comercial e massificadora”, expõe.
Para Kerolaine, o evento da tarde desta sexta-feira (11) serviu para levar carinho para os internos do Lar Paulo de Tarso. “Sempre gostei de cantar e isso para mim é uma coisa simples. No entanto, fico muito feliz em ver como nossa arte alegra e emociona as pessoas”, disse, emocionada. Talita completa: “A mensagem que a gente passa é aquela que a gente quer que as pessoas que a gente ama escute”. Letícia finaliza: “A bíblia fala para que nós, jovens, aproveitemos os nossos bons dias. Acredito que quando estivemos idosas lembraremos de tudo isso e veremos que nossos bons dias foram bem aproveitados”.

Você também pode gostar