Esportes

“Desempenho está abaixo do esperado”, diz Mancini

No sábado, o Cruzeiro chegou a sua quarta vitória consecutiva. O triunfo sobre o América de Teófilo Otoni, por 2 a 0, levou o time a 12 pontos e a ficar mais próximo dos líderes. Satisfeito com o resultado positivo, o técnico Vágner Mancini lamentou que o desempenho da equipe não tenha sido o esperado.
“O resultado foi muito importante, porque atingimos o objetivo. O desempenho ainda foi um pouco abaixo daquilo que nós queremos. O primeiro tempo foi melhor que o segundo. O segundo, no final, ainda melhorou um pouco, mas o time foi lento na saída de bola, o que a gente tem de corrigir”, avaliou o treinador.
Com 12 pontos, o Cruzeiro ocupa a terceira colocação do Campeonato Mineiro. Líderes, Atlético e América têm a mesma pontuação. As duas equipes disputam clássico neste domingo, às 16h, na Arena do Jacaré.

RIO BRANCO
Depois de quatro anos ausente, o Cruzeiro volta à Copa do Brasil nesta quarta-feira. O primeiro adversário é um desconhecido do técnico Vágner Mancini, que admite ter dificuldades para encontrar informações sobre o Rio Branco, atual campeão acreano.
Mancini avalia que a possibilidade de ser surpreendido é similar a que encontra em jogos contra equipes do interior no Campeonato Mineiro. “As informações são as mesmas que temos aqui de Minas, que são poucas. Não dá para você acessar muita coisa”, observou.
“Nós achávamos que jogariam de uma forma e, de repente, na hora do jogo, você tem de ficar passando informação, o que é uma dificuldade natural. Assim como a gente enfrenta uma equipe do Norte do país, muito distante da gente”, acrescentou.
Para amenizar a falta de informações sobre o Rio Branco, a comissão técnica cruzeirense conta com um “espião” no futebol acreano. “Já temos gente lá que está tentando tirar as informações também”, complementou Vágner Mancini.
Uma das principais causas para o Cruzeiro não saber ao certo quem é seu primeiro adversário na Copa do Brasil está no longo período de inatividade do Rio Branco. A equipe acreana não disputa jogos oficiais há cinco meses.

Você também pode gostar