Cidades

Deputado homenageia Divaldo Pereira Franco

Médium baiano recebe título de Cidadão Honorário de Minas Gerais

 

BH – O médium, humanista, orador e educador espírita, Divaldo Pereira Franco, de 84 anos, vai receber na próxima segunda-feira (16), na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, o título de Cidadão Honorário de Minas Gerais. O autor do requerimento é o deputado Luiz Carlos Miranda (PDT), e o decreto foi publicado em setembro de 2011 pelo Governador Antonio Anatasia. Por ser o primeiro título de Cidadão Honorário requerido pelo deputado pedetista, o parlamentar se sentiu orgulhoso pela realização. Segundo ele, “o médium é merecedor da homenagem, levando em conta sua trajetória pela doutrina espírita”. O evento que vai premiar o médium baiano acontece no Plenário JK, às 20h, e será transmitido ao vivo pela TV Assembleia.
Considerado um dos maiores pregadores da doutrina espírita no mundo, Divaldo já publicou 250 livros, com quase 9 milhões de exemplares, onde se apresentam mais de duzentos autores espirituais. O médium possui mais de 600 filhos adotivos, além de atender diariamente três mil crianças e adolescentes de famílias de baixa renda, em regime de semi-internato e externato, na Mansão do Caminho, periferia de Salvador, na Bahia.

TÍTULOS
Entre outras homenagens internacionais concedidas a Divaldo Franco, estão a entrega do título de Doutor Honoris Causa em Humanidades, em 1991, pela Universidade de Concórdia, em Montreal, no Canadá e a Ordem do Mérito Militar, pelos relevantes serviços prestados à União, pela Presidência da República, em 1997.
Em 2002, recebeu da Universidade Federal do Estado da Bahia o título de Doutor Honoris Causa, pela sua valiosa contribuição social a esse Estado. Também concederam a Divaldo Franco a Comenda Chico Xavier, por parte da egrégia Câmara Municipal de Pedro Leopoldo, em Minas Gerais, dentre mais de 700 homenagens pelo Brasil e pelo mundo afora.
Divaldo Franco é Cidadão Honorário dos municípios mineiros de Juiz de Fora, Uberaba, Araguari, Ituiutaba, Nanuque, Teófilo Otoni, Ubá, Belo Horizonte e Contagem. É, também, Cidadão Honorário dos Estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Goiás, Mato Grosso do Sul,Pernambuco, Piauí, Sergipe e Ceará.

Você também pode gostar