Esportes

De virada, Atlético derruba América e se isola na liderança do Estadual

O Atlético se isolou na liderança do Campeonato Mineiro. Na disputa direta com o América pela ponta do Estadual, o Galo saiu em desvantagem, com gol de Fábio Júnior, mas virou o placar com Guilherme e Marcos Rocha.
Com a vitória, o Alvinegro foi a 15 pontos. Já o América segue com 12, na terceira colocação, empatado com o Cruzeiro, que leva vantagem no saldo de gols. Na próxima rodada, o Galo enfrenta o Nacional, sábado, na Arena do Jacaré. Já o Coelho vai a Teófilo Otoni encarar o América local.

SEM GOLS
Equipes com campanhas semelhantes no Campeonato Mineiro, até então, Atlético e América adotaram posturas diferentes no primeiro tempo. Enquanto o Galo se lançou ao ataque, o Coelho passou a maior parte do tempo se defendendo.
Nos primeiros 20 minutos, foi um sufoco alvinegro para cima da defesa americana. Neto Berola, Leandro Donizete, André e Escudero tiveram chances de finalizar, mas ora erraram o alvo ora pararam no goleiro Neneca.
Nas melhores oportunidades, o Atlético não acertou o gol. Aos oito minutos, depois de boa jogada de Richarlyson, André cabeceou rente à trave. Aos 11, a defesa do América falhou, Neto Berola dominou, invadiu a área e chutou para fora. André, em posição irregular não marcada, ainda teve outra boa chance, aos 15, mas, desta vez, parou na intervenção de Neneca.
Sem conseguir segurar a bola no ataque, o América teve um excelente lance para ficar em vantagem, num contra-ataque aos 18 minutos. Porém, Adeílson não levou a melhor na dividida com o goleiro Renan Ribeiro.
Depois da parada técnica, por volta dos 25 minutos, para os jogadores se reidratarem, o América se reorganizou e equilibrou o jogo. As oportunidades praticamente não surgiram nessa etapa. E o Coelho ainda teve Leandro Ferreira expulso, aos 42 minutos, depois de fazer falta dura em Richarlyson e matar o contra-ataque alvinegro.

VIRADA
Mesmo com um jogador a menos, o América soube encontrar espaço na defesa do Atlético para abrir o placar. Uma rápida troca de passes foi fatal. Aos 10 minutos, Rodrigo lançou na área para Moisés, que levou a melhor sobre Renan Ribeiro e a bola sobrou para Fábio Júnior empurrar para as redes: 1 a 0.
O Galo não conseguiu repetir o bom momento do começo da etapa inicial. O técnico Cuca fez duas alterações na equipe para tentar dar fôlego novo ao ataque, com as entradas de Danilinho e Guilherme. No primeiro lance, Guilherme exigiu boa defesa de Neneca, aos 20 minutos.
Antes de chegar ao empate, o Atlético ainda teve uma bola no travessão, em cobrança de falta de Serginho. E, aos 35 minutos, depois que a finalização de Danilinho parou na zaga, a bola sobrou para Guilherme fazer 1 a 1. Quatro minutos depois, o gol da virada. Escudero cruzou e Marcos Rocha completou de cabeça: 2 a 1, placar final.

Você também pode gostar