Cultura

Contadora de histórias Raquel Vieira ministra workshop em Belo Oriente

IPATINGA –“Felizes para sempre”. Esse tão ambicionado final das melhores histórias se casa perfeitamente com a série de workshops que a storytellere contadora de histórias Raquel Vieira finaliza neste sábado (23), de 13 às 17h, na Escola Estadual de Belo Oriente.
A oficina sobre contação de histórias tem como propósito sensibilizar educadores para a beleza dos contos infantis, clássicos e populares. O workshop busca ainda orientar o grupo sobre como utilizar as histórias para a apropriação dos territórios públicos de lazer.
A ação integra o Projeto Parque de Histórias, criado com o objetivo de despertar as pessoas para a importância dos patrimônios históricos e culturais da região por meio de narrativas da literatura universal.

PARQUE

Dentre esses bens, Raquel destaca o Parque Multifuncional, situado em Cachoeira Escura, distrito de Belo Oriente. No espaço, que abriga um símbolo vivo do patrimônio natural, uma centenária jaqueira, foram instalados equipamentos públicos privilegiando o lazer, o esporte e a cultural locais. “Acreditamos na ressignificação dos espaços por meio das formas como são ocupados. Nesse sentido, as histórias são fundamentais pelos ótimos sentimentos que são capazes de despertar nas pessoas”, observa Raquel Vieira.
Segundo destaca a contadora de histórias, o evento do próximo sábado representa uma importante conquista do Parque de Histórias, que ela desenvolve em parceria com André Vieira, coordenador geral do Projeto. “Encerramos felizes essa maratona de dez workshops com grande entusiasmo, contemplando cem por cento das escolas de Belo Oriente. É uma vitória do Projeto ter sensibilizado tantos professores, que participaram ativamente das oficinas”, sublinha Raquel Vieira.
Em relação aos espetáculos de contação de história, outra ação do projeto, na qual Raquel encarna a personagem Flora Manga, ela estima que mais de 7.000 pessoas tenham assistido aos espetáculos. Além de Belo Oriente, Peçanha também foi contemplada com as apresentações.

AGENDA

Na agenda deste mês de Flora Manga, figuram ainda participações no3º Seminário de Turismo do Vale do Aço. No dia 28 de setembro, às 9 e às 14h, a artista estará na Biblioteca Central de Ideias com espetáculo – Contação de Histórias: Contos do Brasil – A princesa e o Piolho; ainda no dia 28, às 19h30, no Teatro do Centro Cultural Usiminas, abrindo oficialmente o evento de Turismo, Flora Manga fará uma apresentação cultural sob o tema Aço: AJornada do Homem.
No dia 4 de outubro, às 9h, no Centro Cultural Usiminas, Flora Manga apresentará o espetáculo:Alfaiate Valente, uma adaptação dos Irmãos Grimm.
Flora Manga reservou o dia 7 de outubro para comemorar o Dia das Crianças e o Dia da Árvore, como a apresentação da história O menino do dedo verde, um clássico da literatura infanto-juvenil. A obra fala da esperança de um menino com raro poder de semear o bem por onde passa. A contação de história será de 8 às 12h, no Parque Multifuncional da Cenibra, em Belo Oriente.
O Parque de Histórias realizado por meio da Lei Rouanet e patrocínio da Cenibra.

SERVIÇO
Projeto Parque de Histórias.Workshop, com Raquel Vieira. Dia 23 de setembro, de 13 às 17h, na Escola Estadual de Belo Oriente. Entrada franca.

Você também pode gostar