Cidades

Congresso discute segurança pública

TIMÓTEO – Os conselhos de Segurança Pública (Conseps) da região realizaram na sexta-feira e sábado passados o 2º Congresso de Segurança Pública do Vale do Aço, no teatro da Fundação Aperam Acesita, em Timóteo. O objetivo foi discutir o cenário de segurança pública na região, apresentando suas dificuldades, perspectivas e propostas.

A abertura foi feita pelo prefeito Keisson, que parabenizou o Consep, o comando da Polícia Militar e Polícia Civil pelo trabalho realizado no município. “É importante discutir o tema segurança pública, temos que propor ações educativas para diminuir a violência e promover a melhora na qualidade de vida”, disse.

A primeira palestra foi ministrada pelo coronel da Polícia Militar, Jordão Bueno, com o tema “O Consep como espaço de interação entre a comunidade e os órgãos de defesa social na Região Metropolitana do Vale do Aço”.
A segunda palestra ficou a cargo do delegado da Polícia Civil, Gilmaro Alves, que desenvolveu o tema “Importância da criação de um mecanismo representativo dos Conseps para a discussão dos problemas macro de segurança pública da nossa região”.

Foram também apresentados dois casos de sucesso – a experiência positiva de interação do Consep de Governador Valadares com os órgãos de Defesa Social, e a captação de recursos e investimentos para a segurança pública na cidade de Ipaba, por meio de parceria entre o Consep e o Ministério Público do Trabalho. O sábado (22) foi dedicado à discussão interna para a criação de mecanismos que promovam uma maior integração entre os Conseps.

Entre os participantes do evento incluíam-se também Kaster Lúcio, presidente da OAB-Timóteo, Venilson Vitorino, presidente da Fundação Aperam, Edward Garzon, presidente do Consep Intermunicipal, representantes da Polícia Militar e líderes comunitários.

Você também pode gostar