Cidades

Comunidade convive com mau cheiro e cratera na rua

Metade do asfalto da rua Seis cedeu após um período de chuva, no final do último ano

 

IPATINGA – Desde novembro, a comunidade do bairro Nova Esperança está convivendo com um sério problema. É que metade do asfalto da rua Seis cedeu após um período de chuva, no final do último ano. Além do risco causado pela cratera, os moradores ainda sofrem com o mau cheiro de esgoto, que estourou em baixo do buraco.
A dona-de-casa Selma Paulina Franco mora ao lado do buraco. Segundo ela, a cratera está comprometendo o lote da sua casa. “Isso aqui caiu de uma vez assim que o ônibus passou e a cada dia de chuva abre um pouco mais. Não passa nem carro. Eles vêm e olham, mas não fazem nada. Tem muita gente pra olhar e pouca gente pra fazer”, disse Selma.
O ônibus que atendia à comunidade também teve que mudar a rota por causa do buraco na rua. “Agora, se a gente quiser pegar um ônibus tem que subir na outra rua. A única coisa que fizeram foi colocar uns ferros pra impedir de carro tentar passar. E o asfalto que sobrou está oco e a gente sabe que pode continuar cedendo”, afirmou.
Selma teme que a sua residência possa ficar comprometida. “A água que desce do esgoto está escorrendo e está atingindo o meu lote. A gente não tem pra onde ir e não vamos sair do que é nosso para pagar aluguel. Com esse período de chuva, as coisas podem piorar ainda mais. A nossa preocupação é diária aqui nesse lugar”, reforça.

CHEIRO
O cheiro forte também tem causado a indignação dos moradores. “O asfalto cedeu e o esgoto que fica embaixo acabou estourando. Estamos convivendo com o esgoto aberto. E com toda essa sujeira. Agora que o dia está fresco ainda está melhor, mas no calor é muito ruim”, contou Selma.
A aposentada Tereza Faria mora em uma residência em frente ao buraco. “A nossa situação está muito ruim, não temos mais ônibus e estamos convivendo com o mau cheiro. E ainda com o risco das crianças se acidentarem porque o buraco está muito grande. Não conseguimos fazer as refeições porque quando o vento bate leva um cheiro horrível para a casa da gente”, confirma Tereza.
Outro problema são as doenças que podem atingir os moradores. “Já teve caso de três crianças que deram uns caroços no corpo e que infeccionaram. E em consulta médica foi dito que pode dar uma infecção maior e levar as crianças a óbito. E tudo isso por causa desse esgoto que estourou junto com o asfalto que cedeu. Além de todos os transtornos, essa situação ainda pode causar doença”, explicou Tereza.

RESPOSTA

Em nota, a Prefeitura Municipal de Ipatinga informou por meio do secretário Municipal de Obras Públicas (Semop), Rodrigo Sad, que uma equipe técnica já elaborou uma planilha de custos e o processo licitatório objetivando a realização das obras da rua Seis. Segundo a PMI, será construído um muro de contenção. Após os trâmites do processo licitatório, as obras serão iniciadas dentro de aproximadamente três meses.


Cerca foi instalada para impedir o acesso de veículos


Selma: situação está comprometendo sua casa

Você também pode gostar