Cidades

Câmara autoriza pagamento de 50% das férias-prêmio a servidores efetivos

IPATINGA – A Câmara Municipal de Ipatinga autorizou o pagamento de uma quantia das férias-prêmio a servidores públicos efetivos da instituição. Os pagamentos somam cerca de R$ 300 mil e irão contemplar 50% do valor total das férias-prêmio a que os servidores têm direito. Cerca de 20 servidores serão contemplados.
O anúncio foi feito nesta terça-feira (3) pelo presidente Nardyello Rocha, juntamente com os demais membros da Mesa Diretora, vereadores Masinho (vice), Lene Teixeira (1º secretária) e Adiel Oliveira (2º secretário). Servidores efetivos e representantes da Associação dos Servidores do Legislativo de Ipatinga (Aslei) também estiveram presentes.
Segundo o presidente Nardyello Rocha, a crise econômica no ano passado gerou impacto negativo no orçamento da Câmara em 2018. Ele explica que esse pagamento só é possível graças ao planejamento financeiro realizado no ano anterior pela atual Mesa Diretora.
“Temos para este ano R$ 800 mil a menos e mesmo assim venho aqui anunciar o pagamento da metade das férias-prêmio. É um compromisso que sempre tivemos de valorizar de forma prioritária os servidores da instituição, porque priorizar o servidor é fundamental em qualquer gestão”, disse Nardyello.
O restante, segundo Nardyello, dependerá, até o final deste ano, da disponibilidade financeira destinada ao pagamento de pessoal.

DIREITO

As férias-prêmio são um direito previsto no Plano de Carreira dos Servidores do Legislativo (Lei 2425/08). Diversos outros órgãos públicos no país também preveem esse direito.
Segundo a legislação, após cada cinco anos de efetivo exercício na Câmara Municipal de Ipatinga, o servidor recebe o direito a três meses adicionais de férias. O servidor poderá optar pela concessão de férias-prêmio em pecúnia.
O vice-presidente da Aslei, Rodrigo Nunes, elogiou a iniciativa. “Agradecemos à Mesa Diretora pelo reconhecimento e valorização dos servidores.”

Você também pode gostar