Cidades

Câmara aprova Moção de Pesar ao ex-vereador Salvelino Barbosa, o Liu

IPATINGA – O vereador Paulo César dos Reis apresentou e os demais parlamentares aprovaram, em reunião ordinária realizada nesta quarta-feira (21), Moção de Pesar pelo falecimento do ex-vereador Salvelino de Oliveira Barbosa, mais conhecido como Liu. Nascido em 7 de junho de 1941, Liu era filho do pioneiro José Anatólio Barbosa e morreu no dia 16 deste mês, depois lutar bastante contra diversas complicações da saúde.
Segundo entrevista veiculada pelo site “Eu amo Ipatinga” (www.euamoipatinga.com.br), seus pais instalaram-se no distrito de Barra Alegre, quando ainda pertencia a Antônio Dias e se chamava Água Limpa, por volta de 1920. José Anatólio, a esposa Lucinda Fernandes Madeira e seus treze filhos viviam da criação de animais, da fabricação de toucinho e de outros produtos.
"Ele foi um dos fundadores da UDN em Coronel Fabriciano. Depois, foi vereador e participou ativamente do movimento pela emancipação de Ipatinga. Meu pai era um bom líder político e sempre foi muito respeitado na região", afirmou Liu.
Por influência do pai, Salvelino Barbosa ingressou na política e foi eleito vereador por dois mandatos em Ipatinga, em 1971 e 1977. “Tínhamos orgulho de ser vereador e trabalhar pela cidade. Era uma época diferente, não era um cargo remunerado, assumíamos por amor mesmo”, disse na entrevista dada ao historiador José Augusto Moraes e reproduzida pelo site “Eu amo Ipatinga”.
Após exercer os mandatos parlamentares, Liu trabalhou por seis anos na Prefeitura Municipal de Ipatinga, no mandato de Jamil Selim de Salles. Foi um dos primeiros encarregados a plantar árvores no município e também trabalhou no “Curral do Conselho”.
Em 1993, foi chamado para trabalhar na Fundação São Francisco Xavier como encarregado de limpeza e por lá ficou até o final de 2008, quando se aposentou.
Salvelino Barbosa era casado com a professora Eloísa Ferreira Barbosa e pai de quatro filhos: Nyvio Ferreira Barbosa, Norton Ferreira Barbosa, Nyrian Ferreira Barbosa e Nayara Ferreira Barbosa.

Você também pode gostar