Policia

Briga acaba em morte no Paraíso; em Fabriciano homem é morto com 9 tiros

Fotos: Reprodução

PARAÍSO – Duas pessoas foram assassinadas durante o fim de semana no Vale do Aço. Os crimes ocorreram entre o fim da tarde e a noite de domingo (22), em Santana do Paraíso e Coronel Fabriciano. Os autores ainda são procurados.
Na rua Tiradentes, centro de Santana do Paraíso, a vítima foi André Fernandes da Silva, o Ninja, de 36 anos. Ele morreu após se envolver em uma briga em um bar na noite de domingo.

Segundo informações repassadas pela Polícia Militar, a vítima e H.L.B., de 28 anos, faziam o uso de bebida alcoólica e começaram a discutir por causa de um óculos. O autor se armou com um facão e efetuou um golpe contra a vítima.
André Fernandes morreu ainda no local. A perícia da Polícia Civil compareceu ao local do crime e recolheu a arma utilizada.

De posse das informações sobre o autor, a PM realizou buscas. Os militares foram à residência de H.L.B. e o pai do suspeito informou que não sabia onde o filho estava.
Segundo a PM, a vítima tinha passagens pela polícia. Já contra o autor não há registros. O caso ainda é investigado.

NOVE TIROS
Na esquina da rua Marte com a Júpiter, no bairro Manoel Maia, em Coronel Fabriciano, a vítima foi Pablio Chinaider Rodrigues, de 36 anos. Ele foi assassinado no fim da tarde de domingo, após ser atingido por disparos de arma de fogo.

A Polícia Militar compareceu ao local e encontrou a vítima já sem vida. A perícia da Polícia Civil constatou nove perfurações no corpo de Pablio. Os tiros atingiram a perna, nádega, tórax, ombro, face, crânio, costas e abdômen.
A família de Pablio informou a PM que ele não era usuário de drogas, mas que fazia o uso de medicamentos controlados.

Segundo a família, ele tinha constantes ataques epiléticos. A motivação do crime ainda é desconhecida. O corpo da vítima foi removido ao IML de Ipatinga.

Você também pode gostar