Cultura

Biblioteca realiza campanha de preservação do acervo

Exposição de livros danificados: rasuras, destruição de páginas e anotações são as atitudes que mais comprometem o uso coletivo do acervo

 

FABRICIANO – Nesta segunda-feira (19), o Sistema de Bibliotecas do Centro Universitário do Leste de Minas Gerais (Unileste) inaugura sua campanha de preservação e conservação do acervo. A iniciativa busca estimular a utilização consciente das obras que compõem o acervo das bibliotecas do Centro Universitário.
Com o slogan “Preserve o conhecimento”, a campanha convida os usuários a conhecerem os bastidores da biblioteca, de modo a utilizar melhor as obras e o conhecimento provenientes delas. Para isso, o setor de restauração, conhecido como “hospital do livro”, será transferido temporariamente para o segundo piso da Biblioteca Central, onde os usuários poderão visualizar as atividades de conserto e restauração dos livros danificados durante o período da campanha. Além dessa intervenção, os usuários receberão orientações sobre o modo mais indicado para o manuseio e transporte dos livros com a finalidade de não estragá-los.
Durante a campanha, mensagens de preservação serão espalhadas pelos campi a partir de banners e, outdoors, além da distribuição de folders e marcadores de página entre os usuários. Os computadores das bibliotecas também estarão a serviço da campanha trazendo recados de preservação no descanso de suas telas.
Para Jacqueline Dias Cabral, coordenadora do Sistema de Bibliotecas do Unileste, a campanha ajudará a difundir medidas preventivas no que se refere ao uso dos livros, garantindo maior vida útil às obras.
“Rasuras, destruição de páginas e anotações são as atitudes que mais comprometem o uso coletivo do acervo”, conta a coordenadora.
Segundo ela, a utilização indevida leva dezenas de livros ao setor de restauração, inviabilizando o empréstimo e a consulta. “O desgaste natural decorrente do uso é visto com alegria, pois demonstra o aproveitamento das obras, mas a degradação resultante da má utilização nos entristece, pois impede que conhecimento contido nos livros chegue a um número maior de usuários”, explica.

ABERTO AO PÚBLICO
O Sistema de Bibliotecas do Unileste é constituído pela Biblioteca Central, localizada no campus de Coronel Fabriciano e pelas setoriais: Padre De Man (Cel. Fabriciano), CEC-MG (Timóteo) e pela Unidade Setorial de Ipatinga. Todas as unidades estão abertas à visitação e consulta, não só dos alunos do Centro Universitário, mas de toda a comunidade do Vale do Aço.
Juntas, as bibliotecas que integram o sistema possuem um acervo de aproximadamente 100 mil exemplares disponíveis para consulta da população. Mais informações sobre o funcionamento das unidades na página www.unilestemg.br/biblioteca/funcionamento ou pelo telefone (31) 3846-5545.

Você também pode gostar