Cultura

Banda apresenta Show 3×4

As composições foram selecionadas a partir do repertório autoral: banda tem seis anos de estrada   (Crédito: Nilmar Lage)

 

PARAÍSO – A Banda Violetas Verticais se apresenta no dia 3 de junho, às 20h, nos palcos do Teatro do Centro Cultural Usiminas o Show 3×4. No repertório, músicas próprias compostas pelo vocalista e compositor Jeová Pereira em parceria com o guitarrista da banda, Dênis Carlos. As composições foram selecionadas a partir de um grande repertório autoral que a banda acumulou durante seus seis anos de estrada. Ainda integram as Violetas Verticais o contrabaixista Reinaldo Marinho e o baterista Márcio Cunha, que também vem contribuindo como os arranjos para a apresentação de 3×4.
“Muitas das composições das letras das músicas das Violetas Verticais surgiram a partir do vasto e misterioso mundo das filosofias, do esoterismo e literatura.” Nas palavras de Jeová o vocalista da Banda: “São destas fontes que degustamos com nosso cálice, impregnadas de conceitos, teorias e energias que nos permitem ir além do trivial, a buscar mesmo no Elemental, uma entrada em novos mundos, a quebra de tabus para dialogar com nosso próprio universo e desta maneira em total abstração com o vulgar cotidiano buscamos a expansão da consciência.”
A banda Violetas Verticais está realizando neste ano a circulação do Show 3×4, tendo realizado apresentações nos palcos da Feirarte de Ipatinga, Espaço 3 da APROC – Associação Pró-Cultura de Ipatinga e que agora chega ao Teatro do Centro Cultural Usiminas. A agenda de apresentações se encerra no próximo dia 15 de junho, em Santana do Paraíso.
A apresentação musical terá a entrada franca, bastando os interessados retirarem seus convites na bilheteria do Teatro do Centro Cultural Usiminas.
A circulação faz parte das atividades proporcionadas pelo Projeto Interdisciplinar de Formação Cultural em Santana do Paraíso – Fase II que tem o patrocínio da Usiminas e Univale Transportes através da Lei Estadual de Incentivo à Cultura e produção de Rodolfo Bello e Elizâmgela Batista.

Você também pode gostar